Na bexiga mando eu - Renascença

Não deixe que a bexiga decida por si.
Se as idas à casa de banho tomaram conta dos seus dias, veio ao sítio certo.
Partilhe esta página
Conhece alguém com Incontinência Urinária?

Veja de novo aqui o Webinar na Bexiga Mando Eu

Com o apoio
Em parceria com
Com o apoio
Em parceria com

Em destaque

Últimas entradas

  • O impacto positivo na qualidade de vida dos pacientes com os tratamentos para a Incontinência Urinária
    17.03.2021

    O impacto positivo na qualidade de vida dos pacientes com os tratamentos para a Incontinência Urinária

    Oiça a conversa da Sónia Santos com o urologista Frederico Ferronha. Calcula-se que mais de um milhão e meio de portugueses com mais de 40 anos de idade possam sofrer de Bexiga Hiperativa. Esta é uma síndrome que afeta homens e mulheres de todas as idades. Embora seja um problema comum, a maioria das pessoas não procura ajuda, mas há solução. E no caso concreto da incontinência urinária os tratamentos usados são eficazes e têm um impacto muito positivo na qualidade de vida dos doentes. O Dr. Frederico Ferronha é Médico Urologista no Centro Hospitalar de Lisboa Central / Hospital de S. José, explica-lhe porque é tão importante recorrer a ajuda médica mal tenha sintomas.
  • Aproveitar as idas regulares ao Ginecologista para falar da Bexiga Hiperativa
    15.03.2021

    Aproveitar as idas regulares ao Ginecologista para falar da Bexiga Hiperativa

    A Bexiga Hiperativa atinge homens e mulheres, no caso das mulheres as idas frequentes ao ginecologista, em diferentes fases da vida, é fundamental. E é uma oportunidade preciosa para falar de questões como a incontinência urinária. O Dr. Alexandre Ambrósio é Médico Ginecologista e Obstetra do Hospital Cuf Tejo explica porquê, oiça de novo a conversa com a Filipa Galrão.
  • ​Há solução para a Incontinência Urinária nas mulheres
    11.03.2021

    ​Há solução para a Incontinência Urinária nas mulheres

    Recorde a conversa da Sónia Santos com o médico Alexandre Lourenço. Calcula-se que a incontinência urinária afete cerca de 35% das mulheres portuguesas. Mas, embora seja um problema comum, a maioria delas não procura ajuda. Nem sequer fala do assunto, que parece ser quase tabu!. E no entanto há solução para cerca de 90% dos casos. é possível voltar a ter qualidade de vida. Alexandre Lourenço é Coordenador da unidade de Uroginecologia do Hospital de Santa Maria e Assistente da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, explica-lhe porque vale a pena procurar aconselhamento médico.
  • ​Há muitas comorbilidades com a Bexiga Hiperativa e a Incontinência Urinária
    10.03.2021

    ​Há muitas comorbilidades com a Bexiga Hiperativa e a Incontinência Urinária

    Por isso é tão importante falar ao seu médico sobre os sintomas. Oiça a conversa da Filipa Galrão com o médico de família Rui Alves. Há vários tipos de incontinência urinária. Esta, em casos graves, retira muita qualidade de vida a quem dela sofre. Apesar de poucos procurarem ajuda, este é um problema com solução. E qualquer médico que nos esteja a seguir pode ajudar, também o médico de família. A Medicina Geral e Familiar também pode ajudar. O Dr. Rui Alves é médico de família do Centro de Saúde de Sete Rios em Lisboa, recebe muitos pacientes com diferentes queixas. Oiça o que nos contou.