CUIDADOS INTENSIVOS SÃO JOÃO

Longe da família, perto do limite. "Se tivermos um agravamento de casos, vamos ter de optar"

20 nov, 2020 - 08:00 • André Rodrigues , Joana Gonçalves com Inês Rocha

Portugal atravessa uma segunda vaga de Covid-19, com um número de infeções quatro vezes superior ao registado entre março e abril. Esta semana o país atingiu um novo máximo de internamentos. Mais de 450 em unidades de cuidados intensivos. O Hospital de São João é o mais procurado da zona Norte do país, para acudir à pandemia e a pressão não pára de aumentar. Longe da família, os profissionais dizem-se perto do limite e pedem aos portugueses que cumpram as medidas de proteção. "Isto não acontece só aos outros". "Não deixamos de ter aqui jovens de 30 e 20 anos". A linha vermelha está cada vez mais perto.

RSS iTunes URL Embed E-mail Facebook Twitter Whatsup Comentários
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.