Tempo
|
Tópico:

hora da verdade


  • Nuno Melo. “A democracia no CDS está a ser comprimida”

    Hora da Verdade

    Nuno Melo. “A democracia no CDS está a ser comprimida”

    21 out, 2021 - 06:49

    Candidato à liderança do CDS, Nuno Melo acusa a atual direção de estar a dar uma “chapelada” e de só querer manter-se no poder pelo poder. Em entrevista à Renascença e ao Público, o eurodeputado não exclui uma coligação pré-eleitoral com o PSD em legislativas, mas rejeita que a base negocial seja a bancada atual de cinco deputados.
  • CDS não pode "abdicar do discurso de sempre", a favor do Chega ou IL

    HORA DA VERDADE

    CDS não pode "abdicar do discurso de sempre", a favor do Chega ou IL

    21 out, 2021 - 06:42

    Com 55 anos, Nuno Melo vai, pela primeira vez, ser candidato a presidente do CDS, defrontando o atual líder do CDS, Francisco Rodrigues dos Santos. Apesar de reconhecer que ambos são conservadores, o ex-vice-presidente de Paulo Portas e Assunção Cristas apresenta-se com a intenção de “recuperar quadros, ter ideias nítidas e unir desavenças”
  • Nuno Melo acusa atual liderança do CDS de querer manter-se no poder a todo o custo

    HORA DA VERDADE

    Nuno Melo acusa atual liderança do CDS de querer manter-se no poder a todo o custo

    20 out, 2021 - 15:21

    O candidato à liderança do CDS, considera que o Chega e a Iniciativa Liberal são “adversários” do partido e que têm de ser combatidos. No programa Hora da Verdade, da Rádio Renascença e jornal Público, o eurodeputado não exclui uma coligação pré-eleitoral com o PSD em legislativas, mas rejeita que a base negocial seja a bancada actual de cinco deputados.
  • Nuno Melo acusa atual liderança do CDS de querer manter-se no poder a todo o custo

    HORA DA VERDADE

    Nuno Melo acusa atual liderança do CDS de querer manter-se no poder a todo o custo

    20 out, 2021 - 15:21

    O candidato à liderança do CDS, considera que o Chega e a Iniciativa Liberal são “adversários” do partido e que têm de ser combatidos. No programa Hora da Verdade, da Rádio Renascença e jornal Público, o eurodeputado não exclui uma coligação pré-eleitoral com o PSD em legislativas, mas rejeita que a base negocial seja a bancada actual de cinco deputados.
  • Solução para o Orçamento pode envolver legislação laboral e Estatuto do SNS

    Hora da Verdade

    Solução para o Orçamento pode envolver legislação laboral e Estatuto do SNS

    13 out, 2021 - 06:33

    “Não interessa ao país ir para eleições neste momento”, diz a ministra da Presidência, que não quer colocar outros cenários que não sejam a aprovação do OE. Mariana Vieira da Silva reconhece que Governo está a viver momento difícil, mas defende que só o PS tem soluções para o pós-pandemia.
  • JMJ. “Vamos preparar tudo para três milhões”, garante José Sá Fernandes

    Hora da Verdade

    JMJ. “Vamos preparar tudo para três milhões”, garante José Sá Fernandes

    07 out, 2021 - 06:30

    José Sá Fernandes, coordenador do Governo para a Jornada Mundial da Juventude, ainda não tem uma estimativa final de quanto vai custar a requalificação do espaço onde vão decorrer os principais momentos. “Será repartido entre Governo e câmaras”, diz em entrevista à Renascença e ao jornal Público.
  • JMJ. “Vamos preparar tudo para três milhões”, garante José Sá Fernandes

    Hora da Verdade

    JMJ. “Vamos preparar tudo para três milhões”, garante José Sá Fernandes

    07 out, 2021 - 06:29

    José Sá Fernandes, o coordenador do Governo para as Jornadas Mundiais da Juventude, ainda não tem uma estimativa final de quanto vai custar a requalificação do espaço onde vão decorrer os principais momentos. “Será repartido entre Governo e câmaras”, diz em entrevista à Renascença e ao jornal 'Público'.
  • JMJ. “Vamos preparar tudo para três milhões”, garante José Sá Fernandes

    Hora da Verdade

    JMJ. “Vamos preparar tudo para três milhões”, garante José Sá Fernandes

    07 out, 2021 - 06:29

    José Sá Fernandes, o coordenador do Governo para as Jornadas Mundiais da Juventude, ainda não tem uma estimativa final de quanto vai custar a requalificação do espaço onde vão decorrer os principais momentos. “Será repartido entre Governo e câmaras”, diz em entrevista à Renascença e ao jornal 'Público'.
  • José Sá Fernandes. "Não vejo" Lisboa com Carlos Moedas

    José Sá Fernandes. "Não vejo" Lisboa com Carlos Moedas

    07 out, 2021 - 06:28

    O coordenador do grupo de missão para a Jornada Mundial da Juventude em Lisboa tece críticas ao programa de Carlos Moedas para as eleições autárquicas e diz esperar que o presidente eleito para a câmara da capital "não destrua" o trabalho de Medina. "Eu acho que Carlos Moedas, daquilo que eu conheço e não do programa, é um homem que não vai destruir isso", defende em entrevista à Renascença e ao jornal Público.
  • Benefícios da JMJ em Portugal "valem cem vezes mais" do que os custos

    JOSÉ SÁ FERNANDES

    Benefícios da JMJ em Portugal "valem cem vezes mais" do que os custos

    07 out, 2021 - 06:27

    José Sá Fernandes adianta que os custos da Jornada Mundial da Juventude em Lisboa, em agosto de 2023, deverá superar os 12 milhões de euros, pagos pelas câmaras municipais de Lisboa e Loures e pela Infraestruturas de Portugal. Em entrevista à Renascença e ao jorna Público, o coordenador do grupo de missão para a JMJ 2023 defende, apesar dos custos, os benefícios são "gigantescos" e "cem vezes superior" à despesa.
  • JMJ 2023. "Não sabemos se vem um milhão ou três milhões de pessoas"

    Hora da Verdade

    JMJ 2023. "Não sabemos se vem um milhão ou três milhões de pessoas"

    07 out, 2021 - 06:26

    O grupo de missão para a Jornada Mundial da Juventude perpara-se para receber três milhões de pessoas em Lisboa, em 2023. A informação foi adiantada por José Sá Fernandes, coordenador do grupo, em entrevista à Renascença e ao jornal Público.
  • “Não admitimos, não configuramos como possível que alguém com ADSE tenha tratamento diferenciado”

    Hora da Verdade

    “Não admitimos, não configuramos como possível que alguém com ADSE tenha tratamento diferenciado”

    09 set, 2021 - 07:00

    Ministra Alexandra Leitão responde a bastonário da Ordem dos Médicos sobre polémica com ADSE e avisa que atrasos no atendimento em serviços públicos, acumulados durante a pandemia, só conseguirão ser recuperados até fim de outubro.