Tópico:

hora da verdade


  • Cabrita contra pressa em antecipar legislativas. “O único excitado que quer sempre eleições é o PR"

    Hora da Verdade

    Cabrita contra pressa em antecipar legislativas. “O único excitado que quer sempre eleições é o PR"

    13 jun, 2024 - 07:00

    Depois do resultado das europeias, o ex-ministro da Administração Interna de António Costa aconselha Governo, PS e Presidente a não serem "tremendistas" nem caminharem para "um beco".
  • Cabrita contra pressa em antecipar legislativas. “O único excitado que quer sempre eleições é o PR"

    Hora da Verdade

    Cabrita contra pressa em antecipar legislativas. “O único excitado que quer sempre eleições é o PR"

    13 jun, 2024 - 07:00

    Depois do resultado das europeias, o ex-ministro da Administração Interna de António Costa aconselha Governo, PS e Presidente a não serem "tremendistas" nem caminharem para "um beco".
  • Entrevista a Tiago Oliveira

    Entrevista a Tiago Oliveira

    06 jun, 2024 - 23:26

    O secretário-geral da CGTP é o convidado desta semana do Hora da Verdade, da Renascença e jornal Público. Tiago Oliveira critica o 15.º mês e afirma que "se há dinheiro para prémios, há dinheiro para salários.
  • CGTP critica 15.º mês. "Se há dinheiro para prémios, há dinheiro para salários"

    Hora da Verdade

    CGTP critica 15.º mês. "Se há dinheiro para prémios, há dinheiro para salários"

    06 jun, 2024 - 07:00

    Em entrevista à Renascença e ao Público, o secretário-geral da CGTP lembra que um 15.º mês pago como prémio não é um rendimento garantido. Tiago Oliveira questiona ainda quem quer hoje ser funcionário público e defende o alargamento a toda a função pública das negociações que estão a ser feitas com professores e polícias. Garante que a Intersindical vai analisar as medidas do Governo, que para já segue "pelos pingos da chuva", porque deixou as propostas do trabalho para mais tarde. Sobre uma greve geral, não se compromete, mas também não fecha a porta.
  • CGTP critica 15.º mês. "Se há dinheiro para prémios, há dinheiro para salários"

    Hora da Verdade

    CGTP critica 15.º mês. "Se há dinheiro para prémios, há dinheiro para salários"

    06 jun, 2024 - 07:00

    Em entrevista à Renascença e ao Público, o secretário-geral da CGTP lembra que um 15.º mês pago como prémio não é um rendimento garantido. Tiago Oliveira questiona ainda quem quer hoje ser funcionário público e defende o alargamento a toda a função pública das negociações que estão a ser feitas com professores e polícias. Garante que a Intersindical vai analisar as medidas do Governo, que para já segue "pelos pingos da chuva", porque deixou as propostas do trabalho para mais tarde. Sobre uma greve geral, não se compromete, mas também não fecha a porta.
  • Entrevista a Ana Paula Martins

    Hora da Verdade

    Entrevista a Ana Paula Martins

    31 mai, 2024 - 20:44

    Centros clínicos para retirar doentes das urgências vão arrancar em Lisboa e no Porto, anuncia a ministra da Saúde, Ana Paula Martins, em entrevista ao programa Hora da Verdade, da Renascença e do jornal Público.
  • Bebés vão ser vacinados contra o vírus sincicial respiratório a partir de outubro

    ​Saúde

    Bebés vão ser vacinados contra o vírus sincicial respiratório a partir de outubro

    31 mai, 2024 - 18:22

    Informação foi confirmada pela ministra da Saúde, em entrevista à Renascença e ao jornal Público. O anticorpo monoclonal - de toma única - previne o VSR, que é a causa mais comum de infeções respiratórias do trato inferior em crianças com menos de um ano de idade.
  • Bebés vão ser vacinados contra o vírus sincicial respiratório a partir de outubro

    ​Saúde

    Bebés vão ser vacinados contra o vírus sincicial respiratório a partir de outubro

    31 mai, 2024 - 18:22

    Informação foi confirmada pela ministra da Saúde, em entrevista à Renascença e ao jornal Público. O anticorpo monoclonal - de toma única - previne o VSR, que é a causa mais comum de infeções respiratórias do trato inferior em crianças com menos de um ano de idade.
  • Centros clínicos para retirar doentes das urgências vão arrancar em Lisboa e no Porto

    Hora da Verdade

    Centros clínicos para retirar doentes das urgências vão arrancar em Lisboa e no Porto

    31 mai, 2024 - 07:00

    Ministra da Saúde acredita que, com junho à porta, os incentivos anunciados vão permitir ter mais maternidades abertas. Quanto ao Inverno, o objetivo é conseguir libertar os hospitais dos muitos "casos sociais" que têm, refere Ana Paula Martins, em entrevista à Renascença e jornal Público.
  • Centros clínicos para retirar doentes das urgências vão arrancar em Lisboa e no Porto

    Hora da Verdade

    Centros clínicos para retirar doentes das urgências vão arrancar em Lisboa e no Porto

    31 mai, 2024 - 07:00

    Ministra da Saúde acredita que, com junho à porta, os incentivos anunciados vão permitir ter mais maternidades abertas. Quanto ao Inverno, o objetivo é conseguir libertar os hospitais dos muitos "casos sociais" que têm, refere Ana Paula Martins, em entrevista à Renascença e jornal Público.
  • Exclusão dos emigrantes das listas dos médicos de família: “Não vamos limpar listas. Vamos organizar listas”

    Hora da Verdade

    Exclusão dos emigrantes das listas dos médicos de família: “Não vamos limpar listas. Vamos organizar listas”

    31 mai, 2024 - 07:00

    A ministra Ana Paula Martins garante, em entrevista à Renascença e ao jornal Público, que os emigrantes não perdem direitos no acesso aos cuidados de saúde. O Governo vai avançar com 15 unidades de saúde familiar modelo C, que podem ser geridas pelo setor privado e social, e está a criar uma bolsa de médicos convencionados para atender quem não tem clínico atribuído.
  • Centros clínicos para retirar doentes das urgências vão arrancar em Lisboa e no Porto

    Hora da Verdade

    Centros clínicos para retirar doentes das urgências vão arrancar em Lisboa e no Porto

    31 mai, 2024 - 06:30

    Notícia avançada pela ministra da Saúde em entrevista Hora da Verdade, da Renascença e do jornal Público. Ana Paula Martins acredita que os incentivos vão permitir ter mais maternidades abertas. Quanto ao Inverno, o objetivo é conseguir libertar os hospitais dos muitos "casos sociais" que têm. "Só esta medida, se conseguimos tirar estes doentes dos hospitais, paga pelo menos dois eixos estratégicos: partos e o OncoStop 2024", diz a governante.
  • Hora da Verdade

    Entrevista a Marta Temido

    24 mai, 2024 - 19:20

    A cabeça de lista do PS às eleições europeias recusa leitura nacional do resultado das europeias. Ex-ministra diz que o sentido de voto do PS no OE2025 “depende do percurso da AD” e rejeita pressões presidenciais. O envio de tropas da NATO para a Ucrânia “significa que estaríamos no fim quase que do mundo”, alerta Marta Temido em entrevista ao programa Hora da Verdade, da Renascença e do jornal Público. E defende o reconhecimento da Palestina como Estado. “Cada dia é, provavelmente, mais necessário que se tome essa decisão”, diz a ex-ministra da Saúde.