Tempo
|
A+ / A-

​D. Américo Aguiar será o segundo cardeal mais novo

09 jul, 2023 - 16:57 • Ricardo Vieira

O bispo auxiliar de Lisboa e presidente do conselho de gerência do Grupo Renascença Multimédia, D. Américo Aguiar, foi nomeado cardeal, anunciou este domingo o Papa Francisco.

A+ / A-

Veja também:


O bispo auxiliar de Lisboa, D. Américo Aguiar, de 49 anos e seis meses de idade, será o segundo bispo mais novo do Colégio Cardinalício.

O presidente da Fundação Jornada Mundial da Juventude (JMJ 2023) e presidente do conselho de gerência do Grupo Renascença Multimédia foi nomeado cardeal, anunciou este domingo o Papa Francisco.

D. Américo Aguiar nasceu a 12 de dezembro de 1973, em Leça do Balio, no concelho de Matosinhos.

O novo cardeal português será o segundo mais novo na nova composição do Colégio Cardinalício.

O mais novo é o cardeal italiano D. Giorgio Marengo, segundo uma lista divulgado pelo Vaticano.

O bispo da Prefeitura Apostólica de Ulaanbaatar, na Mongólia, nasceu no dia 7 de junho de 1974 e tem 49 anos e um mês de idade.

O bispo auxiliar de Lisboa e presidente do conselho de gerência do Grupo Renascença Multimédia, D. Américo Aguiar, foi nomeado cardeal, anunciou este domingo o Papa Francisco, na praça de S. Pedro, no Vaticano.

O Sumo Pontífice convocou um consistório para 30 de setembro, para a nomeação de novos cardeais.

Numa primeira reação em declarações aos jornalistas, D. Américo Aguiar disse que a nomeação para cardeal é uma “homenagem a Portugal, aos portugueses e à juventude portuguesa”.

D. Américo Aguiar nomeado cardeal. "É uma homenagem à juventude portuguesa", diz bispo
D. Américo Aguiar nomeado cardeal. "É uma homenagem à juventude portuguesa", diz bispo
Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+