Tempo
|
A+ / A-

Ucrânia. Centro de Berdyansk da Caritas-Spes em risco

10 mai, 2022 - 13:00 • Olímpia Mairos

À medida que aumenta o conflito e a insegurança aumentam também os pedidos de ajuda das populações.

A+ / A-

Veja também:


A Caritas-Spes, organização caritativa da Igreja Greco-Católica na Ucrânia, dá conta do aumento de pedidos de assistência nas áreas sul e leste do país.

“Neste momento, é extremamente importante enviar o máximo de ajuda humanitária possível para o leste, norte e sul do país. Há áreas isoladas e onde as necessidades básicas não estão asseguradas”, refere a organização caritativa da Igreja Greco-Católica.

O centro da instituição em Berdyansk ainda está a funcionar, mas as condições de trabalho estão a tornar-se cada vez mais difíceis.

“Estamos a avaliar a possibilidade de retirar os funcionários”, diz a organização.

De acordo com o último relatório da Caritas-Spes, citado pela agência SIR, a instituição ajudou entre 24 de abril a 5 de maio 67.923 pessoas, mas desde o início do conflito já foram “atendidos 422.897 beneficiários”.

Já o número de pessoas que vivem nos centros de acolhimento da missão atinge quase um milhão e meio de ucranianos.

A Caritas-Spes é a organização caritativa da Igreja Greco-Católica e trabalha em estreita colaboração com a Caritas Ucrânia da Igreja Católica Latina.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+