Tempo
|
A+ / A-

Relatos de explosões em cidade russa perto da fronteira com a Ucrânia

30 mar, 2022 - 07:49 • Olímpia Mairos com agências

Terão ocorrido em Belgorod, perto da cidade ucraniana de Kharkiv.

A+ / A-

Veja também:


Um depósito de armas militares russas terá explodido, esta terça-feira à noite, na cidade russa de Belgorod, perto da fronteira com a Ucrânia.

Segundo a agência Reuters, que cita a agência de notícias russa TASS, há vários relatos de explosões ao redor da própria cidade.

O alvo atingido era um campo militar russo temporário perto da fronteira.

Os dados preliminares apontam que o ataque terá tido origem na Ucrânia e terá sido feito via drone ou míssil balístico.

O governador de Belgorod, Vyacheslav Gladkov, confirmou explosões junto à vila de Krasny Oktyabr, a 30 quilómetros do centro de Belgorod.

A TASS que cita uma fonte dos serviços de emergência diz que quatro pessoas ficaram feridas na explosão.

Belgorod fica a cerca de 80 quilómetros a norte da cidade ucraniana de Kharkiv, cujas forças russas têm atacado continuamente nas últimas semanas.

A Rússia lançou em 24 de fevereiro uma ofensiva militar na Ucrânia que causou, entre a população civil, pelo menos 1.035 mortos e 1.650 feridos, provocando a fuga de mais 10 milhões de pessoas, entre as quais 3,70 milhões para os países vizinhos, segundo os mais recentes dados da ONU.

Segundo as Nações Unidas, cerca de 13 milhões de pessoas necessitam de assistência humanitária na Ucrânia.

A invasão russa foi condenada pela generalidade da comunidade internacional, que respondeu com o envio de armamento para a Ucrânia e o reforço de sanções económicas e políticas a Moscovo.

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Vitor
    30 mar, 2022 Lisboa 10:16
    Ops. Afinal a Rússia está em guerra. Não foi apenas uma operação militar especial do tipo "vamos ali à Ucrânia e já voltamos". E, quem vai à guerra dá mas também leva.
  • Cidadao
    30 mar, 2022 Lisboa 08:15
    Se a Ucrânia começou a contra-atacar e a mostrar ao Putin que o território russo não é invulnerável, acho que as exigências russas na mesa de negociações, vão diminuir, e o moral dos Ucranianos aumentar.

Destaques V+