Tempo
|
A+ / A-

Ucrânia. Zelensky diz que pelo menos 35 mil civis foram retirados de cidades sitiadas

10 mar, 2022 - 03:25 • Lusa

O Presidente ucraniano diz esperar que a retirada de civis prossiga, esta quinta-feira, com a abertura de mais três corredores humanitários.

A+ / A-

Veja também:



O Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, adiantou que pelo menos 35.000 civis foram retirados de cidades ucranianas nesta quarta-feira.

Numa mensagem de vídeo, o chefe de Estado referiu que os residentes das cidades de Sumy, Enerhodar e áreas próximas de Kiev tinham sido retirados através de três corredores humanitários.

Zelensky disse esperar que as evacuações prosseguissem hoje, com a abertura de mais três corredores humanitários a partir das cidades de Mariupol, sitiada há nove dias, Volnovakha e Izum.

A Rússia lançou na madrugada de 24 de fevereiro uma ofensiva militar na Ucrânia que causou pelo menos 516 mortos e mais de 900 feridos entre a população civil e provocou a fuga de mais de 2,1 milhões de pessoas para os países vizinhos, segundo os mais recentes dados da ONU.

A invasão russa foi condenada pela generalidade da comunidade internacional que respondeu com o envio de armamento para a Ucrânia e o reforço de sanções económicas a Moscovo.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+