A+ / A-

Taxa turística de dois euros vai financiar expansão da FIL

07 nov, 2018 - 12:40

O anúncio é feito pelo presidente da Câmara de Lisboa à Renascença, durante a Web Summit. Fernando Medina quer acolher mais eventos de grande dimensão.
A+ / A-
Aumento da taxa turística em Lisboa vai financiar expansão da FIL
Aumento da taxa turística em Lisboa vai financiar expansão da FIL

Veja também:


O aumento da taxa turística em Lisboa, de um para dois euros, vai servir para financiar a expansão da Feira Internacional de Lisboa, no Parque das Nações.

“Nós estávamos em condições de fazer este investimento, porque decidimos pela duplicação da taxa turística. Foi uma decisão que tomámos para o orçamento de 2019, da Câmara de Lisboa”, anuncia o presidente da autarquia, no stand da Renascença na Web Summit.

“Significa que vamos receber mais cerca de 16 milhões de euros por ano em receitas do turismo”, acrescenta Fernando Medina, avançando que uma parte dessa receita vai ser canalizada “para financiar investimento nesta infraestrutura [da FIL] – isto é, dar à cidade um equipamento maior, melhor, não só para acolher a Web Summit durante os 10 anos, mas para poder acolher outros eventos de grande dimensão”.

O autarca tem em mente, por exemplo, “o congresso dos médicos, que tem um enorme impacto económico, porque não vem na época alta, movimenta dezenas de milhares de pessoas e é um circuito do qual estamos afastados, porque não temos instalações suficientes”.

A intenção é que o espaço chegue aos 90 mil metros quadrados, com aproveitamento da antiga Praça Sony e a ligação entre todos os pavilhões. Mas o projeto final ainda não tem um valor fixo.

A Web Summit, de que a Renascença é a rádio oficial, decorre até quinta-feira no Parque das Nações, em Lisboa.

Este ano, Paddy Cosgrave anunciou que o evento iria ficar em Lisboa mais dez anos. À Renascença, admitiu que a garantia de expansão da área da Expo, FIL e Altice Arena foi decisiva para tomar tal decisão.


Remodelação da FIL foi decisiva para permanência em Lisboa
Remodelação da FIL foi decisiva para permanência em Lisboa
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Augusto
    07 nov, 2018 Lisboa 13:22
    Em vez de servir para melhorar a recolha do lixo, e os transportes públicos, a taxa turística vai servir para a FIL , conclusão , as prioridades erradas.