A+ / A-

Paddy Cosgrave não tem dúvidas. "Vai ser a melhor Web Summit de sempre"

02 nov, 2018 - 15:33 • Cristina Nascimento

Fundador do evento diz à Renascença que os bilhetes devem esgotar ainda esta sexta-feira. Web Summit começa na segunda-feira, no Altice Arena, em Lisboa.
A+ / A-

Veja também:


A próxima edição da Web Summit, que começa em Lisboa na segunda-feira, dia 5, vai ser a “melhor de sempre”. Em entrevista à Renascença, Paddy Cosgrave, fundador do evento diz que está “mais entusiasmado do que nunca” e avança que os bilhetes vão esgotar antes do previsto.

E porque é que esta vai ser a melhor Web Summit? “Porque aprendemos. Cada ano que passa, aprendemos, percebemos o que é possível melhorar, o que acrescentar ao evento e cada nova edição tem novidades”, responde.

Quanto às entradas, Paddy Cosgrave achava que iam esgotar na segunda-feira de manhã. Depois, olhando para a velocidade a que estavam a decorrer as inscrições, achou que seria no domingo, depois no sábado… Afinal, devem esgotar ainda antes da meia-noite desta sexta-feira.

Paddy não entende porque é que as pessoas interessadas em ir à Web Summit não aproveitaram para comprar os bilhetes logo que foram postos à venda. Nessa altura custavam 300 euros, agora custam 1.500.

Mas esteve a olhar para as inscrições e percebeu que muitos dos interessados de última hora são advogados portugueses. “Estão no negócio certo em Portugal se podem comprar bilhetes de 1500 euros”, ironiza.

A Web Summit começa na segunda-feira, dia 5, e vai decorrer até quinta-feira, dia 8. A partir de domingo, começam as restrições ao trânsito, sobretudo na zona do Parque das Nações, onde vai decorrer o evento.

São esperados mais de 70 mil participantes, sendo que oradores serão mais de 1.200. A Renascença é a rádio oficial da Web Summit.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.