Tempo
|
A+ / A-

Liga Europa. Braga tenta adiantar serviço na receção ao Mónaco

10 mar, 2022 - 10:14 • Redação com Lusa

Minhotos nunca foram eliminados nos oitavos de final da prova, mas também nunca superaram um adversário da Liga francesa.

A+ / A-

O Sporting de Braga procura, esta quinta-feira, ganhar vantagem sobre o Mónaco, na primeira mão dos oitavos de final da Liga Europa.

Os bracarenses, que nunca conseguiram superar equipas da Liga francesa, vão defrontar pela primeira vez, nas competições europeias, o Mónaco, que conta com o internacional português Gelson Martins.

Nas duas vezes em que disputou os "oitavos" da Liga Europa, o Braga seguiu sempre em frente. Em 2010/11, foi mesmo finalista da prova: acabou por perder o jogo decisivo com o FC Porto (1-0), em Dublin.

Na conferência de imprensa de antevisão da partida, Carlos Carvalhal pediu "uma noite à Braga" e o apoio dos adeptos para derrotar o Mónaco.

"Uma noite à Braga significa o melhor de cada jogador, como indivíduos, e o melhor da equipa, como coletivo. (...) Nesta fase, é 50-50 para todas as equipas", sublinhou o treinador do Sporting de Braga.

Falta um "hat-trick" a Horta para entrar na história


No fim de semana, o Mónaco, atual oitavo classificado na Ligue 1, venceu, fora, o Marselha, que seguia no segundo lugar, por 0-1, com um golo de Gelson Martins. O Braga somou o segundo empate consecutivo na I Liga, no reduto do Boavista, por 1-1, com um golo de Ricardo Horta.

O avançado e capitão tem 89 golos pelo Sporting de Braga está a três de igualar os 92 de Mário Laranjo, máximo goleador histórico do clube.

Ricardo Horta não está obcecado com o recorde, nem com a seleção nacional, apesar de o estatuto de melhor marcador português da temporada, com 19 golos em 36 jogos, lhe dar esperança numa chamada.

"Claro que ver o nosso nome associado à seleção nacional é sempre muito bom. Os jogadores que vão à seleção é porque estão bem nos seus clubes. Tento dar o melhor, mas não é uma obsessão ir à seleção. Se for chamado, vou fazer o que sempre faço, isto é, dar o melhor dentro do campo", afiançou o extremo do Braga, de 27 anos.

A candidatura de Ricardo Horta à seleção nacional ficou reforçada com a eleição como melhor avançado de fevereiro no campeonato. À atenção de Fernando Santos, os três golos e uma assistência em quatro jogos.

Os médios Al Musrati e André Castro e o lateral Francisco Moura estão "à bica", no Sporting de Braga, e falharão o jogo da segunda mão caso vejam um cartão amarelo diante dos monegascos. O mesmo acontece com o médio russo Golovin e o avançado alemão Kevin Volland, no Mónaco.

O Braga-Mónaco, com arbitragem do alemão Felix Zwayer, está marcado para as 20h00 e terá relato online na Renascença, em rr.sapo.pt.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+