Tempo
|
A+ / A-

Sporting de Braga

Ricardo Horta quer ir à seleção, "mas não é uma obsessão"

09 mar, 2022 - 15:07 • Redação

Extremo é o jogador português com mais golos em 2021/22 e está a três de ser o máximo goleador histórico do Braga. Sobre a Liga Europa, admite poderio do Mónaco, mas quer vencer.

A+ / A-

Ricardo Horta não esconde o desejo de ser chamado à seleção nacional, no entanto, garante que não vai ficar à espera a olhar para o telefone.

O extremo, de 27 anos, é capitão e grande estrela do Sporting de Braga e, esta época, leva 19 golos e oito assistências em 36 jogos. Números que o tornam no jogador português com mais golos na presente temporada e que podem valer-lhe uma chamada de Fernando Santos, a 17 de março.

No entanto, em conferência de imprensa, esta quarta-feira, apesar da vontade, Ricardo Horta mostrou-se tranquilo com a possibilidade.

"Claro que ver o nosso nome associado à seleção nacional é sempre muito bom. Os jogadores que vão à seleção é porque estão bem nos seus clubes. Tento dar o melhor, mas não é uma obsessão ir à seleção. Se for chamado, vou fazer o que sempre faço, isto é, dar o melhor dentro do campo", afiançou o avançado, ao lado de Carlos Carvalhal.

Falta um "hat-trick" para entrar na história


O treinador e o capitão do Braga faziam a antevisão da receção ao Mónaco, relativa à primeira mão dos oitavos de final da Liga Europa.

Jogo em que Ricardo Horta pode igualar Mário Laranjo como máximo goleador da história do Sporting de Braga. O extremo leva 89 golos e, se apontar um "hat-trick" diante do Mónaco, igualará os 92 do recorde.

Quando chegou ao Braga, com 21 anos, Ricardo Horta "não esperava" atingir este patamar. Agora que está mais perto da marca, admitiu, fica "um pouco mais ansioso". No entanto, o foco está todo na equipa.

"Claro que gostaria de igualar essa marca, porque seria bom sinal para a equipa, seriam três golos. É o que queremos. Procuramos um resultado positivo, que nos dê algum conforto para a segunda mão", sublinhou.

Braga motivado entre as "grandes equipas"


Ricardo Horta vê a equipa do Braga "motivada" com a presença nos oitavos de final da Liga Europa, em que "estão apenas grandes equipas".

"Temos muita ambição e também muita vontade de fazer mais, tudo isto contra um adversário difícil. Estarmos nesta fase, no meio de outras equipas com outros orçamentos e qualidade, já é muito positivo. Queremos mostrar a nossa qualidade, o nosso futebol e também os jovens que temos. Vamos apresentar uma equipa com muita ambição, muito competitiva e com vontade de ganhar", assegurou o capitão.

O Braga-Mónaco está marcado para quinta-feira, às 20h00, no Estádio Municipal de Braga, e terá relato online na Renascença, em rr.sapo.pt.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+