Tempo
|
A+ / A-

Mundial 2022

Tudo normal com Ronaldo. João Mário desvaloriza impacto de entrevista na seleção

15 nov, 2022 - 10:20 • Redação

Médio da seleção afirma que "não é a primeira vez que alguém chega à seleção com problemas no clube".

A+ / A-

João Mário afirma que Cristiano Ronaldo "está feliz" na seleção nacional. Depois de uma explosiva entrevista em que demonstrou grande descontentamento no Manchester United, o capitão de equipa está "ótimo, como sempre", na seleção.

"Ele está sempre feliz quando está na seleção. Está ótimo, como sempre. É sempre um prazer para ele estar aqui. Será importante no Mundial", começa por dizer o jogador do Benfica.

Na primeira conferência de imprensa após a concentração da seleção nacional, o médio do Benfica afirma que não é inédito um caso como o de Cristiano Ronaldo.

"Há pouco a dizer, não é a primeira vez que alguém chega à seleção com problemas no clube. A vantagem de chegar à seleção é que isso fica tudo anulado, não há grande problema. Quando chegamos à seleção é outro grupo de trabalho, não acredito que traga mais pressão, estamos habituados a lidar com isso", começou por dizer.

Questionado sobre se a entrevista de Cristiano Ronaldo, que será divulgada em excertos até quinta-feira, colocará o foco da seleção ainda mais sobre o capitão, João Mário explica que "não é muito diferente do habitual, as primeiras perguntas e a atenção está sempre sobre ele".

João Mário esclarece ainda que não existe qualquer problema entre Ronaldo e Bruno Fernandes, depois de um vídeo da Federação Portuguesa de Futebol ter causado alguma dúvida. Em causa esteve uma brincadeira entre os dois jogadores do Manchester United.

"Estive no balneário nesse momento, pode ser interpretativo, mas foi uma brincadeira entre eles. O Bruno foi dos últimos a chegar e o Ronaldo perguntou se ele tinha vindo de barco, foi uma brincadeira", explicou.

O capitão da seleção nacional criticou publicamente o Manchester United e o seu treinador.

Depois de uma primeira metade de época atribulada, com vários problemas disciplinares, Ronaldo deu uma entrevista antes de se juntar à seleção nacional. O internacional português afirmou que "não respeita" o treinador Erik ten Hag e se "sente traído" pelo clube.

O clube inglês diz que está a acompanhar as notícias e admite uma resposta às fortes críticas do internacional português após a divulgação da entrevista na íntegra. Até agora, só foram conhecidos alguns excertos.

O advogado Diogo Soares Loureiro acredita que Cristiano Ronaldo deu "um trunfo negocial" ao Manchester United, que terá bases legais para rescindir contrato com o português e pedir indemnização.

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+