O site da Renascença usa cookies. Ao prosseguir, concorda com o seu uso. Leia mais aqui.
|
A+ / A-

Recorde a entrevista de António Costa na Renascença

04 abr, 2017 - 08:37 • Cristina Nascimento

Declarações ao minuto. Entre as 9h00 e as 10h00, Graça Franco e Raquel Abecasis entrevistaram o primeiro-ministro. Em cima da mesa alguns temas que têm marcado a actualidade.
A+ / A-
Costa: Montepio “é um problema bastante conciso e limitado" no sistema financeiro
Costa explica por que ficou o Estado com 25% do Novo Banco
Costa: Centeno mais "útil" em Lisboa do que no Eurogrupo
​Costa: “Não vivemos na Alice no País das Maravilhas”, mas o sistema financeiro está melhor
Costa sobre eutanásia. "Sei que não votaria contra, não sei se votaria a favor"
Costa não sonha com maioria absoluta e quer reeditar acordo com esquerda
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Zé das Coves
    04 abr, 2017 Alverca 10:33
    Acho graça a alguns comentadores em relação ao convite a Mário Centeno, desvalorizaram , mas se fosse um qualquer de direita , já esperávamos, é um economista muito competente !!!
  • André Souza
    04 abr, 2017 Alverca 10:32
    Depois do socialista Sócrates recusar sempre entrevistas da RR, tivemos hoje o 1º ministro Sr Costa à conversa com duas prestigiadas jornalistas. Pena que não o questionasse sobre: Dados do Banco de Portugal mostram que a dívida voltou a subir, para o valor mais elevado dos últimos cinco meses....É fácil " destroikar- como diz a Le Pen à portuguesas Catarina BÉ", mas não será fácil se tudo for "folclore",
  • José Saraiva
    04 abr, 2017 Viseu 09:27
    Não é o LOBO MAU !.....É mesmo o BICHO PAPÃO!
  • Luis Silva
    04 abr, 2017 Olhão 09:11
    É com tristeza que assisto a esta viragem de estilo e conteúdo na R.R. Esta Rádio sempre nos habituou a um posicionamento distante da política e dos políticos, dedicando-se muito mais a causas e a intervenções em áreas para as quais, todos nós, sempre pensámos ser a sua vocação. Não sei o que mudou (ou se mudou) algo na sua Direcção. Tenha mudado ou não, o facto é que, para mim, a R.R. deixou de ser a minha Rádio, aquela que sempre ouvi e à qual até já estive indirectamente ligado.