Entrevista Renascença

Sem maioria absoluta, Paulo Rangel faz acordo com CDS, IL e até com o PAN

15 nov, 2021 - 07:08 • Manuela Pires , Joana Bourgard

Paulo Rangel diz que um governo minoritário não será "nenhum drama", mas admite "uma maioria com os partidos moderados do centro e centro-direita". CDS, Iniciativa Liberal e até PAN. Para o candidato à liderança do PSD, Chega fica de fora, bloco central não será opção. Entendimentos com o PS só para matérias de longo prazo e revisões constitucionais.

RSS iTunes URL Embed E-mail Facebook Twitter Whatsup Comentários
Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.