Agora entendam-se. O filme da noite eleitoral em 120 segundos

05 out, 2015 - 03:25 • Ricardo Fortunato , Maria João Cunha , Catarina Santos , Edgar Sousa , Teresa Abecasis , Conceição Sampaio

Abstenção recorde, a eleição histórica de um deputado do PAN, o manifesto de uma não demissão, o melhor resultado de sempre do Bloco, que ultrapassa uma CDU disponível para dialogar apenas à esquerda. E uma coligação que perdeu a maioria absoluta mas quer procurar compromissos com o PS. Uma noite em que se lançaram ideias de entendimentos, um resultado que agora tem de passar pelo crivo de Cavaco Silva.

RSS URL Embed E-mail Facebook Twitter Whatsup Comentários
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • julio dinis
    06 out, 2015 almada 03:10
    Meus senhores partidários das politicas e democracias de papel, e então, onde está a verdade, por detrás das conjunturas e diálogos de bocas fechadas quando a pergunta surge, para onde foi a palavra que os mais novos, os futuros regentes querem ouvir, deste Portugal velho e falso de pregoeiros manhosos e ganaciosos, de tostões mal ganhos e mal gastos, onde está o temer a Deus, que tudo vê, e cala-se para calá-los mais tarde, na escadaria que os leva ao Inferno ?
  • José Neves
    05 out, 2015 Matosinhos 14:12
    Sr.Dr.António Costa, durante a campanha numa localidade onde passou, tocou o sino a dar as 19 horas, foi dito pelo Sr.à Senhora que abraçava, Domingo dia 4 o sino vai tocar a maioria do PS. Não tocou para maioria,mas tocou para que o Sr.seja Português de verdade, e colabore com quem ganhou, pois o País tem que estar primeiro, que os desejos políticos.