PNR junta-se a coletes amarelos no Marquês. "Não fazem parte do movimento"

21 dez, 2018 - 14:51 • Inês Rocha , Maria João Costa

Um grupo de elementos do Partido Nacional Renovador (PNR), partido de extrema-direita, marcou presença na manifestação dos coletes amarelos, esta sexta-feira, na zona do Marquês de Pombal, em Lisboa. O líder do partido, José Pinto Coelho, fez questão de se associar ao protesto. Luísa Patrão, uma das líderes do movimento de cidadãos, diz não conhecer nem se associar a este grupo, que "agride verbalmente as pessoas e quer violência". Três pessoas foram detidas durante a manifestação, em Lisboa.
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.