20 anos da Expo 98. Uma rua do século XIX num bairro do século XXI

23 abr, 2018 - 08:01 • Dina Soares , Joana Bourgard

No dia 22 de maio de 1998, às 18 horas e 18 minutos, Jorge Sampaio, então Presidente da República, declarava aberta a exposição internacional de Lisboa. Vinte anos depois, a Renascença recorda a Expo com 20 histórias da maior intervenção na cidade de Lisboa desde o terramoto de 1755. No primeiro dia, partimos da Rua da Centieira, uma rua do século XIX que, de repente, de viu rodeada por avenidas do século XXI.
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.