Tempo
|
A+ / A-

Ativistas climáticos cortam Avenida 24 de Julho em Lisboa

14 out, 2023 - 16:48 • Beatriz Pereira

Nos últimos dias, o grupo vandalizou um quadro de Picasso, no CCB, avaliado em 18 milhões de euros, e cimentou buracos de golf num campo em Lisboa.

A+ / A-

Os ativistas do movimento Climáximo voltaram, este sábado, a sair à rua e a cortar o trânsito, desta vez na Avenida 24 de Julho, em Lisboa.

O grupo de cinco ativistas mostrou uma lona com a mensagem "Desarmar as armas".

Em comunicado, o Climáximo diz que "não há super-heróis, temos de ser nós parar os ataques".

O grupo protesta por "justiça climática" e apela a que se construa "uma sociedade que tenha a vida no centro ao invés do lucro”.

Os ativistas utilizaram tubos para se prenderem uns aos outros e ao chão.

O grupo diz que o protesto acontece "num espaço público e com foco na população num apelo à sociedade para parar tudo e unir-se para lidar com o estado de emergência climática em que vivemos, parando a indústria fóssil".

"As decisões políticas são para além de incompetência, há uma escolha ativa de continuar a bloquear as alternativas que não pode ser desculpada", pode ler-se.

Já esta sexta-feira, os ativistas vandalizaram um quadro de Picasso no Museu do Centro Cultural de Belém, um dos quadros mais valiosos da coleção Berardo, avaliado em 18 milhões de euros.

Na quinta-feira, os ativistas pelo clima cimentaram também buracos de campo de golfe em Lisboa, sob o mesmo mote de "Desarmar as armas".

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+