Tempo
|
A+ / A-

Lisboa

Quarto dia consecutivo de protestos. Ativistas climáticos bloqueiam Avenida de Roma

06 out, 2023 - 12:40 • Beatriz Pereira

Nas redes sociais, o grupo diz que pessoas bateram palmas pela a ação, tendo-se juntado ao protesto.

A+ / A-
Foto: Grupo Climáximo
Foto: Grupo Climáximo
Foto: Grupo Climáximo
Foto: Grupo Climáximo

No quarto dia seguido de protestos, os ativistas do movimento do Climáximo voltaram a bloquear a estrada, desta vez na Avenida de Roma, em Lisboa.

Em comunicado, o grupo informa que quatro ativistas bloquearam o trânsito por volta das 11h00 desta sexta-feira, tendo sido detidos pela PSP.

O coletivo admite interromper “a normalidade para alertar da guerra que as empresas e governos estão a travar contra a sociedade”.

Mariana Rodrigues, a porta-voz no local, alerta que “a sociedade tem de parar e aceitar que está a ser travada uma guerra contra nós”.

O grupo considera que o mês de setembro foi uma “anomalia climática sem precedentes”, após ter sido divulgado ter sido o mais quente desde que há registo. O Climáximo diz que é "possivelmente só a ponta do iceberg”.

No início da semana, o grupo de ativistas bloqueou a Segunda Circular em hora de ponta, junto à sede da Galp. Já na quarta-feira o coletivo ocupou a faixa de rodagem na rua de São Bento e na quinta-feira atirarou tinta vermelha à fachada da sede da empresa REN.

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+