Tempo
|
A+ / A-

Laboratórios Germano de Sousa alvo de ataque informático

10 fev, 2022 - 10:19 • Redação

É o terceiro caso conhecido esta semana, após o da Vodafone e o da Trust in News, empresa detentora da revista "Visão" e de outras 14 marcas de informação.

A+ / A-

Os laboratórios Germano de Sousa foram alvo de um ataque informático, esta quinta-feira. A informação foi confirmada à Renascença pelo administrador da rede de laboratórios.

Também o fundador da empresa avança que não foi feito nenhum pedido de resgate e que já está a ser investigado o incidente. Germano de Sousa garante que não há informação que sugira que os dados pessoais dos utentes foram comprometidos.

"A informação que tenho é que não acederam à base de dados dos clientes", explica.

Fonte do laboratório confirma, ainda, que o sistema está em baixo e não é possível, neste momento, emitir resultados de forma eletrónica.

"Todos os nossos técnicos, informáticos e a empresa que nos dá apoio em cibersegurança estão a trabalhar no assunto e estamos a tentar repor tudo. Com sorte só lá para o fim do dia vamos conseguir", acrescenta o médico.

Segundo Germano de Sousa, as ligações informáticas com os hospitais da CUF, que são parceiros laboratoriais, foram suspensas por “uma questão de segurança”.

Várias empresas em Portugal foram alvo de ataques informáticos recentemente, como a Impresa em dezembro e a Vodafone esta semana.

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+