Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

DGS

Mais de dois milhões vacinados contra gripe e mais de 1,4 com reforço da Covid-19

03 dez, 2021 - 09:05 • Redação

Só na quinta-feira, foram administradas mais de 105 mil vacinas.

A+ / A-

Portugal já administrou mais de dois milhões de doses da vacina contra a gripe e mais de 1,4 milhões de doses de reforço da vacina contra a Covid-19.

De acordo com a Direção-Geral da Saúde (DGS), no dia 2 de dezembro foram administradas mais de 105.000 vacinas no país , das quais mais de 40.720 vacinas contra a contra a gripe (3.559 em farmácias) e cerca de 64.400 doses de reforço da vacina contra a Covid-19.

Numa nota enviada às redações, a DGS adianta que "os centros de vacinação estão a trabalhar para que o processo seja fluído e célere, mesmo com grande afluência" e apela "à melhor compreensão dos utentes face a eventuais constrangimentos pontuais que possam ocorrer".

O maior centro de vacinação do país abriu portas no passado dia 1 de dezembro, no Parque das Nações. Lisboa deixou, assim, de ter vários centros de vacinação para ter agora um único, de grandes dimensões, na FIL. Só o centro de vacinação da Ajuda se mantém aberto.

Os cidadãos que tinham marcações feitas para centros de vacinação agora encerrados, devem considerar apenas o reagendamento recebido por mensagem para comparecerem no novo espaço, na Feira Internacional de Lisboa.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+