Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Incêndio de Odemira. Combate a fogo já envolve mais de 400 bombeiros

18 ago, 2021 - 21:03 • Redação com Lusa

O incêndio de grandes dimensões tem duas frentes ativas. Algumas pessoas já foram retiradas de casa como medida de precaução.

A+ / A-

Um total de 435 operacionais estava, por volta das 20h50 desta quarta-feira, a combater o incêndio que lavra no concelho de Odemira, que já levou a GNR a cortar o trânsito na Estrada Regional 266 (ER 266), segundo as autoridades.

De acordo com informações disponíveis no site da Proteção Civil, àquela hora, o combate ao incêndio mobilizava 435 operacionais, apoiados por 152 viaturas, não havendo já meios aéreos envolvidos.

Fonte da Proteção Civil disse à Renascença que uma pessoa, ferida com queimaduras, foi transportada para o hospital.

Algumas pessoas já foram retiradas de casa como medida de precaução, avançou à Renascença o comandante Pedro Araújo, da Proteção Civil nacional.

O incêndio de grandes dimensões tem duas frentes ativas. "Não temos reporte de danos em habitações, equipamentos agrícolas ou noutras infraestruturas", adianta a mesma fonte.

Em declarações à agência Lusa, fonte da GNR disse que, devido ao incêndio, o trânsito na ER266 foi cortado por volta das 20h00, entre a localidade de Nave Redonda, no concelho de Odemira, e perto da vila de Monchique, já no Algarve.

A fonte da GNR adiantou ainda que, ao longo da tarde, "por precaução", foi retirado um total de 17 pessoas de montes e casas dispersos, de primeira e segunda habitação, mas "ainda não foi evacuada nenhuma aldeia" no concelho de Odemira.

O incêndio teve início na zona da localidade de João Martins, na freguesia de Saboia, estando os bombeiros "a combater as chamas e também a fazer proteção a habitações dispersas".

"Há habitações dispersas que se encontram na frente de fogo e os bombeiros estão também a protegê-las. Até ao momento, não temos conhecimento de qualquer habitação atingida", garantiu a fonte da ANEPC.

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+