Tempo
|
A+ / A-

NASA

Terceira tentativa para lançar foguetão lunar já tem data marcada

13 set, 2022 - 14:15 • Lusa

O voo de teste do SLS faz parte da primeira missão do novo programa lunar americano Artemis, com o qual a NASA espera "estabelecer missões sustentáveis" na Lua a partir de 2028 com o intuito de enviar posteriormente astronautas para Marte.

A+ / A-

A agência espacial norte-americana ( NASA) anunciou que vai tentar lançar pela terceira vez o novo foguetão lunar SLS a 27 de setembro.

A janela de lançamento de 27 de setembro vai abrir às 11h37 (16h37 em Lisboa) durante 70 minutos, com o fim da missão programado para 5 de novembro.

Uma segunda janela possível está agendada para 2 de outubro, adiantou a agência espacial norte-americana.

O lançamento do foguetão SLS a 27 de setembro está dependente de uma derrogação especial que a NASA terá de obter para evitar testar novamente as baterias de um sistema de destruição de emergência do foguetão, caso se afaste da trajetória em direção a uma área povoada.

Se a NASA não obtiver esta derrogação, o foguetão terá de regressar ao hangar, o que atrasará o calendário de lançamento durante várias semanas.

Desde 17 de agosto que o SLS está na plataforma de lançamento.

O SLS, de 98 metros de altura, é o mais potente foguetão da NASA com o qual os Estados Unidos pretendem levar novamente astronautas para a órbita da Lua, em 2024, e para a superfície em 2025, um ano depois do previsto.

Apenas astronautas norte-americanos, 12 ao todo e todos homens, pisaram a Lua. A última vez foi em dezembro de 1972.

Problemas técnicos, como fugas de combustível e falta de arrefecimento de um dos motores principais, impediram a descolagem do SLS por duas vezes.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+