Tempo
|

“Que grande caminho de santificação” é cuidar dos doentes

30 dez, 2014 • Ana Lisboa

A “Sabedoria do Coração” é o tema da mensagem de Francisco para o Dia Mundial do Doente, que se assinala a 11 de Fevereiro do ano que vem. No texto, o Papa critica a “grande mentira” por detrás de alguns conceitos de “qualidade de vida”.  

A Santa Sé divulgou esta terça-feira a mensagem do Papa para o Dia Mundial do Doente, que se assinala a 11 de Fevereiro.

No texto, Francisco elogia quem se dedica aos doentes de forma incondicional e, nesse sentido, afirma que a “sabedoria do coração é sair de si ao encontro do irmão”, ser solidário com ele, sem o julgar.

“Esta sabedoria não é um conhecimento teórico, abstracto, fruto de raciocínios; antes como descreve São Tiago na sua Carta, ‘é pura (…), pacífica, indulgente, dócil, cheia de misericórdia e de bons frutos, imparcial, sem hipocrisia’. Trata-se, por conseguinte, de uma disposição infundida pelo Espírito Santo na mente e no coração de quem sabe abrir-se ao sofrimento dos irmãos e neles reconhece a imagem de Deus”.

O Santo Padre refere ainda que este serviço de apoio aos doentes, “especialmente quando se prolonga no tempo, pode tornar-se cansativo e pesado; é relativamente fácil servir alguns dias, mas torna-se difícil cuidar de uma pessoa durante meses ou até anos, inclusive quando ela já não é capaz de agradecer. E, no entanto, que grande caminho de santificação é este! Em tais momentos, pode-se contar de modo particular com a proximidade do Senhor, sendo também de especial apoio à missão da Igreja”.

Francisco realça o valor deste acompanhamento que faz com que os doentes se sintam mais amados e confortados.

Na sua mensagem, o Papa sai em defesa dos que sofrem ao dizer: “Que grande mentira se esconde por trás de certas expressões que insistem muito sobre a qualidade de vida, para fazer crer que as vidas gravemente afectadas pela doença não mereciam ser vividas”.

A mensagem para o 23º Mundial do Doente termina com uma oração de Francisco à Virgem Maria a quem confia este dia e pede protecção materna: “Ó Maria, Sede da Sabedoria, intercedei como nossa Mãe por todos os doentes e quantos cuidam deles. Fazei que possamos, no serviço ao próximo sofredor e através da própria experiência do sofrimento, acolher e crescer em nós a verdadeira sabedoria do coração”.