Tempo
|

“Por favor, parem! Peço-vos com todo o meu coração”. Papa pede o fim da violência

27 jul, 2014

Depois da oração do Ângelus, na Praça de São Pedro, o Papa Francisco fez referência a algumas zonas do mundo em conflito aberto.

“Por favor, parem! Peço-vos com todo o meu coração”. Papa pede o fim da violência
“Por favor, parem! Peço-vos com todo o meu coração”. Papa pede o fim da violência
O Papa Francisco pede o fim da violência em várias zonas de conflito, nomeadamente, no Iraque, no Médio Oriente e na Ucrânia. Este Domingo, num apelo emocionado, Francisco disse: “Por favor, parem! Peço-vos com todo o meu coração, é tempo de parar. Parem, por favor!”
 O Papa Francisco pede o fim da violência em várias zonas de conflito, nomeadamente, no Iraque, no Médio Oriente e na Ucrânia. Este Domingo, num apelo emocionado e de improviso, Francisco disse: “Por favor, parem! Peço-vos com todo o meu coração, é tempo de parar. Parem, por favor!”

Francisco apelou aos fiéis para unirem-se a ele nas orações pelo fim dos conflitos, em particular os que se verificam nestas zonas.

“Peço-vos para continuarem a unir-se à minha oração, para que o Senhor conceda às populações e autoridades daquelas zonas, a sabedoria e a força necessárias para levar a cabo com determinação o caminho da paz, enfrentando todas as dificuldades com a tenacidade do dialogo e da negociação e com a força da reconciliação”, pediu.

O Papa lembrou a Primeira Guerra Mundial, cujo centenário é assinalado esta segunda-feira, para renovar o apelo de rejeição à guerra.

“Recordemos que tudo se perde com a guerra e nada se perde com a paz! Caros irmãos e irmãs, nunca a guerra! Penso sobretudo nas crianças a quem se tira a esperança de uma vida digna e de um futuro: crianças mortas, crianças feridas, crianças mutiladas, crianças órfãs, crianças que têm como brinquedos resíduos bélicos, crianças que não sabem sorrir… Parem, por favor! Peço-vos com todo o coração, está na hora de parar! Parem, por favor”, disse em tom visivelmente emocionado.