Tempo
|
A+ / A-

FC Porto entrega providência cautelar para suspender castigo a Pepe

20 abr, 2022 - 19:51 • Redação

Portistas tentam que o capitão defronte o Sporting, na segunda mão das meias-finais da Taça de Portugal, e o Braga, num jogo que pode decidir, matematicamente, o campeonato.

A+ / A-

O FC Porto submeteu uma providência cautelar para suspender o castigo de 23 dias a Pepe, segundo avança o "Jornal de Notícias".

O central internacional português foi suspenso por 23 dias devido aos incidentes na receção ao Sporting, a 11 de fevereiro, a contar para a jornada 22 do campeonato. Com esta providência cautelar, o Porto espera que Pepe possa jogar frente aos leões, na segunda mão das meias-finais da Taça de Portugal, na quinta-feira, e em Braga, na segunda-feira, em que os portistas se podem sagrar campeões nacionais.

A providência cautelar seguiu anexada a recurso do FC Porto para o Tribunal Arbitral do Desporto, que terá de aceitá-lo até quinta-feira para que Pepe possa jogar diante do Sporting. Em caso de rejeição, confirmar-se-á a baixa do central para os duelos com Sporting e Braga.

Pepe já esteve 13 dias suspenso de forma preventiva, pelo que lhe falta cumprir dez dias do castigo. O "JN" adianta, ainda, que é improvável que o capitão portista consiga estar no Dragão e no Municipal de Braga.

O próprio FC Porto admitiu, na sua "newsletter", a improbabilidade de o recurso ter efeitos práticos a tempo de suspender o castigo a Pepe.

Esta quarta-feira, em conferência de imprensa, o treinador do FC Porto, Sérgio Conceição, mostrou-se revoltado com o castigo a Pepe.

"É o 'timing' que vocês sabem, depois de tudo o que se passou. É o único de fora. É revoltante, mas é o futebol que temos. Vou repetir uma frase que disse há uns tempos: não vale tudo para se ganhar", atirou.

Castigos também para Tabata e Matheus Reis


Pepe e Bruno Tabata, do Sporting, foram suspensos por 23 dias e Matheus Reis, também dos leões, por um jogo, devido aos confrontos entre jogadores e dirigentes de FC Porto e Sporting, no clássico da jornada 22 da I Liga. Os três jogadores falham o embate da Taça de Portugal.

O central do FC Porto e o médio do Sporting terão, ainda, de paga uma multa de 2.870 euros, cada. Matheus Reis terá de pagar 510 euros.

Luís Gonçalves, administrador da SAD do Porto, foi suspenso por 68 dias e multado em 1.910 euros. Por outro lado, o caso contra Hugo Viana, diretor desportivo do Sporting, foi arquivado sem mais consequências.

A primeira mão das meias-finais da Taça, ainda em março, terminou com vitória do FC Porto no terreno do Sporting, por 2-1. A segunda está marcada para quinta-feira, às 20h15, no Dragão, terá relato em direto na Renascença e acompanhamento ao minuto em rr.sapo.pt.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+