A+ / A-

Mercado

Bayern risca Ronaldo em definitivo. "Não se adequaria à nossa filosofia"

27 jul, 2022 - 10:42 • Redação

Oliver Kahn, diretor-executivo do Bayern de Munique, elogia Ronaldo, mas garante que o português não será o substituto de Robert Lewandowski.

A+ / A-

Oliver Kahn, diretor-executivo do Bayern de Munique, riscou em definitivo a contratação de Cristiano Ronaldo.

O internacional português poderia ser encarado como o substituto de Robert Lewandowski, que rumou ao Barcelona. No entanto, o jogador do Manchester United "não se enquadraria" na filosofia dos bávaros.

"Discutimos a questão. Caso contrário, não estaríamos a fazer o nosso trabalho. Acho que Cristiano Ronaldo é um dos melhores jogadores de futebol que já andou pelo planeta, mas chegámos à conclusão que ele não se adequaria à nossa filosofia na situação atual", disse, ao jornal "Bild".

Cristiano Ronaldo voltou a Manchester e esteve no centro de treinos dos "red devils" na terça-feira, acompanhado pelo empresário Jorge Mendes para discutir o futuro de CR7.

O português quer deixar o clube, um ano depois do regresso, e continuar a jogar na Liga dos Campeões, mas o Manchester United não tenciona vendê-lo, como já foi sublinhado pelo treinador, Erik ten Hag, que pretende contar com o avançado para a nova temporada.

O capitão da seleção nacional trocou a Juventus pelo Manchester United na época passada e apontou 24 golos em 38 jogos. Números que não foram, no entanto, suficientes para os "red devils" ficarem no "top-4".

Cristiano Ronaldo tem sido associado a vários clubes, como Bayern de Munique, Chelsea, Atlético de Madrid e até Sporting, mas sem fumo branco à visto em relação ao seu futuro. Na segunda-feira, os adeptos do Atlético expressaram-se contra a eventual contratação do português.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • José J C Cruz Pinto
    27 jul, 2022 ILHAVO 12:50
    Excluído por pelo menos dois dos melhores clubes europeus ainda é "o melhor do mundo"????

Destaques V+