Emissão Renascença | Ouvir Online
A+ / A-

"Faltam quatro jogos para o Euro". Martínez dá grande importância ao jogo no Liechtenstein

15 nov, 2023 - 18:32 • Redação

Portugal já tem o apuramento e primeiro lugar do grupo assegurado. Há registos históricos a bater, mas o que Roberto Martínez destaca é que faltam apenas quatro jogos para a fase final da prova.

A+ / A-

Roberto Martínez, selecionador nacional, dá grande importância ao jogo no Liechtenstein. Não pelo contexto do jogo na ronda de apuramento - até porque Portugal já tem qualificação e primeiro lugar garantidos -, mas pelo aproximar da fase final do Europeu.

"Lutar pela nona vitória já é objetivo suficiente. Não tens muitas oportunidades na carreira de tentar pleno de vitórias. Para nós, faltam quatro jogos para preparar o Europeu. É um jogo com circunstância diferente. Precisamos de clareza e ser a melhor equipa. Vamos tentar ligações, padrões. Precisamos de crescer como equipa, os registos individuais são consequência do trabalho de equipa", disse, em conferência de imprensa.

A imprensa local insistiu na possibilidade de Martínez revelar a titularidade de Cristiano Ronaldo, pelo caráter pouco decisivo do jogo. Estarão centenas de emigrantes portugueses nas bancadas, mas o treinador não fez a vontade.

"Não é importante dizer se o Ronaldo joga, ou não. Faltam só quatro jogos para o Euro, temos 23 jogadores e ele claramente terá minutos".

A convocatória inicial de 26 jogadores foi desfalcada devido a várias lesões. Diogo Dalot, por motivos pessoais, e os lesionados Pepe, Nelson Semedo, Matheus Nunes e Rafael Leão foram dispensados. No entanto, foram apenas convocados Raphael Guerreiro - que está também limitado fisicamente e ainda não treinou - e o estreante João Mário.

Roberto Martínez garante que as baixas "não são um problema". "É a natureza do futebol internacional e os estágios de novembro são assim habitualmente. Não é um problema, gostei muitos dos jogadores nos treinos. Estamos preparados".

José Sá é o único jogador com titularidade anunciada. Para Martínez é um orgulho, para Rui Patrício e Diogo Costa também.

"É um motivo de orgulho, para mim como selecionador, ver o Sá a jogar. É um exemplo de trabalho e muito esforço. Há química e uma boa relação nos guarda-redes. O Rui Patrício fez os dois primeiros jogos, Diogo Costa teve um grande desempenho e, neste histórico apuramento, era importante que o José Sá fizesse parte. Diogo Costa também ficou muito feliz, há uma muito boa relação", termina.

Rúben Dias, de promessa a central mais velho da seleção

Com as ausências de Pepe e Danilo Pereira, Rúben Dias reage com um riso quando se apercebeu que é o central mais velho da seleção. Aos 26 anos, estará rodeado dos jovens Toti Gomes, António Silva e Gonçalo Inácio.

"Ainda não tinha pensado nisso [risos], mesma responsabilidade de sempre. É a mesma. É verdade que pelos vistos sou o mais velho. Nada muda, é o processo natural das coisas", afirma.

Dias é totalista na ronda de apuramento, "um motivo de orgulho e que demonstra a confiança do treinador". O central garante que não falta motivação ao plantel para vencer os próximos dois jogos, já a pensar no Euro.

"O primeiro lugar está garantido, mas temos uma ambição especial de tornar o apuramento histórico, que torna o momento especial. Mais do que isso, para todos é a oportunidade rara de estarmos juntos com o selecionador, aperfeiçoar as ideias. Teremos estes dois jogos, mais dois antes do Euro. É uma oportunidade rara, dá-nos toda a motivação que podemos precisar", afirma.

A seleção nacional defronta o Liechtenstein na quinta-feira, às 19h45, em Vaduz, e, três dias depois, a Islândia, no Estádio José Alvalade, à mesma hora. Os dois jogos terão relato e acompanhamento, ao minuto, no site da Renascença.

Portugal lidera o Grupo J, com 24 pontos, mais oito do que a Eslováquia, segunda classificada, com o Luxemburgo, terceiro, a somar 11. A Islândia é quarta colocada, com 10 pontos, à frente da Bósnia-Herzegovina, com nove, e do Liechtenstein, último, sem qualquer ponto.

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+