A+ / A-

Apoio Renascença

Recorde aqui a conferência "Acessibilidade à Habitação"

Ana Marta Domingues


Como melhorar o acesso à habitação em Portugal? E quais as perspetivas dos municípios, da banca e dos especialistas? As casas estão mais caras, o dinheiro dos portugueses não chega e os números desta realidade acabam de ser publicados no novo estudo da Century 21, "Acessibilidade à Habitação em Portugal", que foi apresentado e debatido numa conferência Century 21 com apoio Renascença. Foi esta 5ª.-feira dia 9 de fevereiro. Pode recordar aqui.

Os portugueses têm menos poder de compra, as casas estão mais caras, as taxas de esforço aumentaram. A subida da taxa Euribor ao longo deste ano pode levar as prestações para níveis ainda mais incomportáveis para as famílias. Os números que traduzem e comprovam esta realidade, que todos já tínhamos sentido na pele, sobretudo a classe média, acabam de ser divulgados num novo estudo da Century 21 que pode conhecer aqui.

Entre 2019 e 2022, os preços das casas subiram 38% enquanto o rendimento disponível das famílias aumentou apenas 9%. Confirma-se que a classe média tem cada vez maior dificuldade em aceder ao mercado de habitação. O novo estudo da Century 21 vem confirmar que o preço das casas disparou. O Porto é onde o valor das casas mais subiu. As maiores taxas de esforço a que as famílias portuguesas estão sujeitas registam-se agora em Lisboa, Porto e Algarve. O acesso à habitação é mais crítico em Lisboa, com taxa de esforço de 67%, Porto, com 50% e Faro, com 39%. A compra de casa é mais barata do que arrendar em todas as capitais de distrito, exceto em Lisboa, a única capital de distrito onde é mais barato arrendar do que comprar casa. Saiba mais sobre os resultados do estudo na reportagem da Renascença e veja os gráficos do artigo.


Conferência "Acessibilidade à Habitação":

A propósito deste estudo, acompanhámos em direto do Auditório dos Oceanos no Casino de Lisboa a conferência “Acessibilidade à Habitação” da Century 21 com apoio Renascença.

Personalidades de relevo, de várias áreas, debatem as questões que mais impacto têm na vida dos portugueses: o impacto da habitação nos municípios, o papel da banca no financiamento das famílias e os possíveis caminhos a percorrer para melhorar o acesso à habitação são os grandes temas em debate.

Conheça o programa:

10h00 Boas-vindas

Ana Patrícia Carvalho, Jornalista, SIC


10h05 Apresentação do estudo

”Acessibilidade na habitação”

Ricardo Sousa, CEO Century21


10h20 Painel Debate - Como melhorar o acesso à habitação

Mariana Mortágua, Comentadora, SIC Notícias

Miguel Morgado, Comentador, SIC Notícias

10h40 Entrevista

Clara Raposo, Vice-Governadora, Banco de Portugal (gravada)


10h55 Painel Debate - Papel da Banca no financiamento das famílias

Francisco Barbeira, Administrador, BPI

Miguel Belo Carvalho, Administrador, Santander Portugal

Nuno Carvalho Martins, Administrador, CGD

Pedro Reis, ex-presidente, AICEP

11h40 Painel Debate - Impacto da Habitação nos Municípios

Carla Tavares, Presidente, Conselho Metropolitano de Lisboa

Eduardo Vítor Rodrigues, Presidente, Conselho Metropolitano do Porto (Remoto)

12h00 Encerramento


A Renascença com a Century 21 na conferência "Acessibilidade à Habitação".

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.