Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022

Renascença Ouve +
A+ / A-

25 de junho

Um regresso incrível aos anos 80 a marcar o 3.º dia de Rock in Rio Lisboa

Ana Marta Domingues , Ricardo Fortunato , Miguel Rato , Maria Costa Lopes


UB40 feat Ali Campbell, A-HA e Duran Duran foram os cabeças de cartaz de um dia dedicado ao melhor dos 80's. A Renascença esteve desde o início da tarde em direto da cidade do Rock. Acompanhe todas as reportagens e concertos desta edição do Rock in Rio Lisboa. A Renascença é rádio oficial.

Já sabe que pode ouvir a emissão da sua rádio e acompanhar o maior festival de música do mundo que termina este domingo com um dia mais dedicado aos mais novos e às famílias, completamente esgotado. HMB, Jason Derulo, Anitta e Post Malone prometem levar ao rubro a cidade do rock.

Duran Duran marcaram o 3.ºdia de Rock in Rio:

Wild Boys, A View to a kill, Notorious, Ordinary World, Girls on film, Save a Prayer, Rio, os Duran Duran sabem bem o que os seus fãs querem ouvir. Simon Le Bon, Nick Rhodes, John Taylor e Roger Taylor, a mais bem-sucedida banda do estilo new romantic subiu ao Palco Mundo do Rock in Rio Lisboa este sábado. Um espetáculo há muito esperado pelos muitos milhares de fãs portugueses, a quem a banda britânica não desiludiu. Foi um concerto espetacular que a Renascença transmitiu em direto. Além dos muitos hits que fizeram cantar e dançar todo o recinto, não faltaram as referências à guerra na Ucrânia com um forte apelo à paz e milhares de pequenas luzes a acender-se entre aplausos do público.

O Carlos Bastos conversou com Nick Rhodes e John Taylor antes de entrarem em palco.

Carlos Bastos conversou com Duran Duran no Rock in Rio Lisboa
Carlos Bastos conversou com Duran Duran no Rock in Rio Lisboa

UB40 feat Ali Campbell:

Ao fim da tarde começaram os concertos no Palco Mundo. Depois de Bush chegaram os UB40. Já são mais de 40 anos de existência, mas a banda reggae de Birmingham continua a levar a sua música aos quatro cantos do mundo e a públicos de todas as idades. Este sábado vieram de novo a Lisboa para atuar no Rock in Rio. Autores de clássicos intemporais como “Red Red Wine” ou “(I Can’t Help) Falling In Love”, subiram ao palco mesmo antes de A-HA e Duran Duran e aqueceram o público do Parque da Bela Vista para uma memorável noite 80's.

UB40 feat Ali Campbell foi mais um grande concerto na cidade do Rock. Impossível resistir aos seus ritmos jamaicanos e ao seu espírito tão descontraído quanto irreverente e interventivo.

O repórter Renato Duarte conversou com o vocalista da banda, Ali Campbell, momentos antes do concerto. O que mudou afinal nestes 40 anos de carreira?

Entrevista com o vocalista dos UB40
Entrevista com o vocalista dos UB40

A-HA:

Há uma longa e bem sucedida ligação dos A-HA ao Rock in Rio. Eles estiveram presentes logo na 2ª edição do Rock In Rio, em 1991, no estádio do Maracanã batendo o record mundial de público, com cerca de 198.000 pessoas a assistir à apresentação. Em dezembro de 2014, foi anunciada uma parceria entre a organização do festival com a banda para a comemoração de 30 anos de ambos em 2015. Foi tão bem sucedida que logo aí, em 2015, depois de vários anos afastados, o trio anunciou o seu regresso definitivo com o lançamento de um novo álbum, Cast in Steel.

E agora, ei-los de novo no Rock In Rio mas em Lisboa e com um concerto que emocionou os fãs mais nostálgicos da banda norueguesa.
Os A-HA alcançaram enorme sucesso mundial nos anos 80 e é até hoje umas das bandas mais famosas daquela década. Milhares de fãs do vocalista Morten Harket, do guitarrista Paul Waaktaar-Savoy e do teclista Magne Furuholmen cantaram e dançaram ao som de grandes sucessos e novas músicas. Os criadores do hit mundial “Take on Me” marcaram este 3º dia de Rock in Rio Lisboa.

As Três da Manhã viraram Rock in Trio:

A emissão na Renascença em direto do Parque da Bela Vista começou ao início da tarde com Paulino Coelho e As Três da Manhã em direto da cidade do Rock.

Oiça aqui a emissão da Renascença. Esteja a par de tudo nas nossas redes sociais. Veja aqui no Instagram da Renascença o momento em que Joana Marques chegou ao recinto entre seguranças, seguindo o exemplo de Cristina Ferreira no fim-de-semana passado.

As Três da Manhã viraram Rock in Trio! O Renato Duarte fez reportagem. Veja aqui algumas imagens deste 3º dia de Rock in Rio 2022:


As Três da Manhã arriscaram tudo na Tenda VIP e depois mergulharam na multidão, sem seguranças.

As Três da Manhã vão à caça de VIPs no Rock in Rio
As Três da Manhã vão à caça de VIPs no Rock in Rio

No estúdio da Renascença no Parque da Bela Vista o Paulino Coelho entrevistou ao início da tarde, entre outros, Nuno Siqueira e o Chef Miguel Castro Silva.


O Rock in Rio é um festival inclusivo e, como tal, todos os concertos são traduzidos para Língua Gestual Portuguesa. A Inês, a Ana e a Joana estiveram à conversa com Sandra, que interpretou a música do Extremamente Desagradável em língua gestual.

As Três da Manhã conversam com uma intérprete de Língua Gestual Portuguesa no Rock in Rio
As Três da Manhã conversam com uma intérprete de Língua Gestual Portuguesa no Rock in Rio

Se teve oportunidade de ouvir a emissão da Renascença ouviu Ney Matogrosso e Delfins, duas das presenças mais esperadas neste dia 25 no Galp Music Valley.

Considerado pela revista Rolling Stone como a terceira maior voz do Brasil de todos os tempos e detentor de êxitos como “Poema” e “Sangue Latino”, Ney Matogrosso subiu ao palco do Galp Music Valley neste dia 25 de junho e como sempre superou todas as expetativas num espetáculo surpreendente e inesquecível.


Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.