Tempo
|

Renascença Ouve +
A+ / A-

Conheça as propostas da conferência "Pandemia: Respostas à Crise"

José Pedro Frazão , Ana Marta Domingues , Ricardo Fortunato , Inês Braga Sampaio , Inês Rocha , Hélio Carvalho


"Pandemia: Respostas à Crise" foi uma conferência da Renascença em parceria com a Câmara de Gaia para debater o papel das instituições sociais e do poder local nas respostas mais urgentes aos grandes desafios sociais que a Covid-19 trouxe.

Em busca de novos modelos. As propostas da conferência que reuniu setor social e poder local
Em busca de novos modelos. As propostas da conferência que reuniu setor social e poder local

Conhecer os caminhos possíveis a percorrer e o papel desempenhado pelas instituições sociais e o poder local perante os novos desafios criados pela pandemia foi o objetivo do encontro. No seguimento da cimeira social, esta foi uma oportunidade única para ouvir diversas personalidades nacionais, de diversas instituições, ligadas às políticas sociais, a dar o seu contributo para a definição do futuro das políticas sociais europeias, com particular foco na realidade portuguesa.

A Sessão de Abertura esteve a cargo de Rita da Cunha Mendes, Secretária de Estado da Ação Social.

Sobre o papel das Instituições Sociais ouvimos as intervenções de Manuel Lemos, Presidente da União das Misericórdias Portuguesas; do Presidente da Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade, Lino Maia; da Presidente da Cáritas portuguesa Rita Valadas, e ainda de Francisco Assis, Presidente do Conselho Económico e Social.
Seguiu-se a Intervenção de Edmundo Martinho, Coordenador da Comissão de Estratégia Nacional de Luta Contra a Pobreza.
Sobre as respostas das autarquias à crise, ouvimos as sugestões dos três autarcas convidados para o debate: Eduardo Vitor Rodrigues, Presidente da Câmara de Gaia; Hernâni Dias, Presidente da Câmara de Bragança e ainda de Bernardino Soares, Presidente da Câmara de Loures.
A Conferência "Pandemia: Respostas à Crise" foi uma iniciativa da Renascença em parceria com a Câmara Municipal de Gaia para debater o papel das Instituições Sociais e do Poder Local.

Pode rever aqui alguns dos momentos mais relevantes da Conferência:

Eficiência energética. Eduardo Vítor Rodrigues defende "vouchers" para as famílias
Eficiência energética. Eduardo Vítor Rodrigues defende "vouchers" para as famílias
Edmundo Martinho propõe objetivo. "Nenhuma família com crianças abaixo do limiar da pobreza até 2030"
Edmundo Martinho propõe objetivo. "Nenhuma família com crianças abaixo do limiar da pobreza até 2030"
Francisco Assis. "Instituições de solidariedade devem ser incluídas de forma ativa na concertação social"
Francisco Assis. "Instituições de solidariedade devem ser incluídas de forma ativa na concertação social"
Rita Valadas. "A bazuca não é solução para todas as questões"
Rita Valadas. "A bazuca não é solução para todas as questões"
Manuel Lemos. "Portugal é um país de velhos" e não estava preparado para a pandemia
Manuel Lemos. "Portugal é um país de velhos" e não estava preparado para a pandemia

Em tempo de pandemia a Europa enfrenta novos desafios sociais. Questões com impacto direto na vida quotidiana de todos: no emprego, nas condições de trabalho justas, na igualdade de oportunidades, nos cuidados de saúde ou na proteção social. Torna-se urgente debater as respostas possíveis a estes desafios em Portugal. Foi neste contexto que surgiu a conferência Pandemia: Respostas à Crise, uma iniciativa da Renascença em parceria com a Câmara Municipal de Gaia para debater o papel das Instituições Sociais e do Poder Local.

Ao longo de uma manhã foi possível acompanhar os vários debates e intervenções programadas sobre que respostas poderemos dar à crise provocada pela pandemia. A conferência foi transmitida online aqui no site, youtube e também no Facebook da Renascença, bem como no site da Câmara de Gaia, a partir do Auditório da Bienal Internacional de Arte de Gaia. A conferência está também disponível nestas plataformas.

Programa:

27 de maio

9h00 – Boas-vindas

9h15 – Sessão de Abertura - Rita da Cunha Mendes, Secretária de Estado da Ação Social

9h15 – 1º Painel - Pandemia: o papel das Instituições Sociais

  • Manuel Lemos - União das Misericórdias Portuguesas
  • Lino Maia – Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade
  • Rita Valadas – Cáritas Portuguesa
  • Francisco Assis – Conselho Económico e Social

10h45 – Intervalo

11h00 – Intervenção de Edmundo Martinho, Coordenador da Comissão de Estratégia Nacional de Luta Contra a Pobreza.

11h15 – 2º Painel – As respostas das autarquias à crise

  • Eduardo Vitor Rodrigues – Presidente da Câmara de Gaia
  • Hernâni Dias – Presidente da Câmara de Bragança
  • Bernardino Soares – Presidente da Câmara de Loures

12h30 – Encerramento

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.