Tempo
|
A+ / A-

João Gonçalves

Darwin Nuñez. O protótipo do "melhor avançado do futuro" obcecado pelo trabalho como Ronaldo

02 set, 2020 - 18:15 • José Pedro Pinto

Dirigente português do Almería afirma em Bola Branca que o Benfica ganhou a corrida a "grandes clubes europeus" pelo avançado de 21 anos. João Gonçalves confessa "sabor agridoce" pela perda do talento uruguaio.

A+ / A-

O português que é responsável pelo departamento de futebol do Almería assegura, em Bola Branca, que o Benfica acaba de garantir, em Darwin Nuñez, o protótipo do "melhor avançado do futuro" cuja obsessão pelo trabalho faz lembrar Cristiano Ronaldo.

João Gonçalves, "homem forte" do futebol do emblema espanhol, trabalha na estrita dependência do presidente do Almería e assume que somente a dimensão financeira do negócio estabelecido pelos encarnados - cerca de 25 milhões de euros - ajuda a superar a difícil decisão de libertar o talento uruguaio de 21 anos.

"O Darwin demonstrou todo o potencial que vimos nele, quando o fomos buscar ao Uruguai. Claro que nos custou bastante vê-lo partir, deixou-nos um sabor agridoce. É sempre difícil deixar sair um jogador com a qualidade do Darwin. Mas é a lei do mercado e é a lei da vida. Há que dar os parabéns ao Benfica porque leva talvez o melhor avançado do futuro", declara, em entrevista a Bola Branca.

O "novo Cavani" que não treme perante a "pressão" e que se assemelha a CR7

Não deixa de ser curioso, depois da prolongada "novela" Cavani, que o Benfica se vire para aquele que é rotulado como o "novo Cavani".

João Gonçalves, conhecedor como poucos do real valor desportivo e do lado humano de Darwin Nuñez, assegura que esse rótulo não acrescenta qualquer ansiedade a um jogador movido justamente pelo prazer da pressão de jogar ao mais alto nível. E mais: em termos de capacidade de trabalho, equivale-se a Cristiano Ronaldo. Por isso, adaptar-se-à com celeridade a um clube da dimensão do Benfica.

"O Darwin não sente pressão, isso para ele não existe. Ele próprio coloca a pressão nele, todos os dias. É completamente obcecado pelo trabalho, trabalha o dobro dos restantes companheiros de equipa. E essa é uma das razões para que ele apresente o rendimento que apresenta em campo. A capacidade de trabalho dele é muito parecida à do Cristiano Ronaldo. Ao nível mental, ele é muito forte. Jogos grandes, para ele, dão-lhe mais motivação e rende mais do que em jogos com menor pressão. Está sempre concentrado em ganhar e tem um mau perder incrível. A nível de perfil humano e desportivo, assenta bem num clube com a dimensão do Benfica",

"Benfica disputou Darwin com grandes clubes europeus"

Público foi o leilão a que o Almería teve de se submeter, tal era o interesse de meia Europa pelo avançado que numa só época em Espanha encantou tudo e todos. E nessa corrida de algumas semanas, o Benfica soube colocar-se "taco a taco" com "grandes clubes europeus". João Gonçalves considera que foi a determinação de Luís Filipe Vieira, Jorge Jesus e Rui Costa - o administrador da SAD foi a Almería pessoalmente fechar a contratação e buscar o atleta - que convenceram Darwin Nuñez de que a Luz era o passo ideal a dar.

"Eram clubes de grande nome internacional mas em conjunto com o jogador, respeitando a sua vontade, está tudo encaminhado para que vá para o Benfica. O Benfica disputou o Darwin com grandes clubes europeus. O esforço que o presidente do Benfica, o treinador e o Rui Costa fizeram foram importantes para convencer o jogador", completa João Gonçalves.

Negócio Darwin em três parágrafos

Tal como Bola Branca avançou esta manhã, o Benfica fechou hoje o negócio por Darwin Nuñez, depois de Rui Costa ter reunido, em Almería, com representantes do jogador e dirigentes do clube, no sentido de desbloquear os derradeiros detalhes que afastavam as partes.

Darwin Nuñez, de resto, já está em Lisboa, para realizar exames médicos e rubricar contrato por cinco épocas, tal como o próprio confirmou à partida de Almería.

O Benfica pagará uma verba a rondar os 25 milhões de euros, tornando-se Nuñez na contratação mais cara da história do Benfica, ultrapassando a de Raul Jiménez (22 milhões).

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Petervlg
    03 set, 2020 Trofa 09:24
    um jogador que é da 2º liga espanhola, valor de mercado 10.M, o Benfica pagou mais do dobro, em 30 jogos marcou 16 golos, bom avançado, o Taremi custou muito menos e marcou mais golos e conhece o nosso campeonato. pensem!