|

 Casos Ativos

 Suspeitos Atuais

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

​Quem é João Leão, o novo ministro das Finanças?

09 jun, 2020 - 12:30 • Redação

O primeiro-ministro, António Costa, optou por uma solução interna para ocupar o lugar de Mário Centeno. O novo ministro das Finanças tem 46 anos e era, até agora, secretário de Estado do Orçamento.

A+ / A-

João Leão é o novo ministro das Finanças. O sucessor de Mário Centeno tem 46 anos, tem um percurso académico de peso e tem a tarefa de substituir o “Ronaldo das Finanças”, que conduziu Portugal a um excedente orçamental histórico.

O primeiro-ministro, António Costa, optou por uma solução interna para ocupar o lugar de Mário Centeno, cuja saída do Governo foi anunciada esta terça-feira. O novo ministro das Finanças era, até agora, secretário de Estado do Orçamento.

João Leão, que nasceu em Lisboa em 1974, também foi secretário de Estado do Orçamento no anterior Governo, entre 2015 e 2019.

O novo ministro das Finanças de Portugal é doutorado em Economia pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT), nos Estados Unidos, e licenciado em Economia e Mestre em Economia pela Universidade Nova de Lisboa.

Antes de ser secretário de Estado e agora ministro, foi diretor do Gabinete de Estudos do Ministério da Economia, entre 2010 e 2014, e assessor do secretário de Estado Adjunto da Indústria e do Desenvolvimento, entre 2009 e 2010.

João Leão é professor de Economia no ISCTE - Instituto Universitário de Lisboa, desde 2008. També no ISTE, foi presidente da Comissão Científica do Departamento de Economia, entre 2009 e 2010, e de diretor do Doutoramento em Economia (2011-2012). É investigador da Business Research Unit do mesmo instituto.

Foi membro do Conselho Económico e Social entre 2010 e 2014 e do Conselho Superior de Estatística entre 2010 e 2014. Integrou a delegação portuguesa no Comité de Política Económica da OCDE em 2010 e 2012 e integrou grupos de trabalho no âmbito da OCDE.

O novo ministro das Finanças toma posse a 15 de junho, às 10h00, no mesmo dia em que é aprovado o Orçamento Suplementar na Assembleia da República.

Nas suas primeira declarações como futuro ministro das Finanças, João Leão anunciou que a sua prioridade imediata é manter os rendimentos das famílias portuguesas em plena crise provocada pela pandemia de Covid-19 e garantir contas certas.

Mário Centeno na hora da despedida: “São 1.664 dias como ministro das Finanças e números certos”
Mário Centeno na hora da despedida: “São 1.664 dias como ministro das Finanças e números certos”
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.