|
A+ / A-

Acidentes com tratores fazem quatro mortos em cinco dias

20 nov, 2019 - 21:34 • Redação com Lusa

O mais recente acidente aconteceu esta quarta-feira, em Seia.

A+ / A-

Quatro pessoas morreram nos últimos dias em resultado de acidentes com tratores. O mais recente acidente aconteceu esta quarta-feira, em Seia.

Um homem com 62 anos morreu esta quarta-feira e na sequência do despiste de um trator agrícola em Seia, no distrito da Guarda, disse à agência Lusa fonte da proteção civil.

Segundo fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) da Guarda, o acidente ocorreu pelas 16h34 na localidade de Malhada das Cilhas, que pertence à União das Freguesias de Vide e Cabeça. A fonte adiantou que o óbito foi confirmado no local.

Nas operações de socorro estivem envolvidos seis veículos e 15 elementos dos Bombeiros Voluntários de Loriga, da GNR e da viatura de Suporte Imediato de Vida (SIV) de Seia.

No local do acidente esteve, ainda, um helicóptero do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), indicou o CDOS da Guarda.

Esta foi a quarta vítima mortal no espaço de cinco dias envolvendo acidentes com tratores agrícolas.

Na terça-feira, um homem morreu em Cabril, concelho de Vale de Cambra, no distrito de Aveiro. A ocorrência foi registada às 11h14 horas na freguesia de São Pedro de Castelões.

Fonte do CDOS de Aveiro indicou que a vítima morreu no local, não tendo conseguido precisar a idade ou as circunstâncias do acidente.

No domingo, um homem, de 66 anos, morreu na sequência do despiste do trator agrícola que conduzia em Ourique, no distrito de Beja. A mesma causa esteve na origem de um acidente mortal registado sábado à tarde em Friande, concelho de Felgueiras.

Uma reportagem da Renascença, de fevereiro de 2018, noticiava que nos últimos cinco anos, morreram em média cinco agricultores por mês em acidentes com tratores. Uma das causas mais frequentes era a falta do arco que protege o condutor do tratar, o chamado "Santo António".

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.