Tempo
|
A+ / A-

Debate da rádio

Educação. Costa diz que PS "tem feito muito", Rio quer mais "disciplina"

23 set, 2019 - 10:48 • Raul Santos Redação

António Costa "puxou" o tema das carreiras dos professores para criticar Rio: "Eu digo aos professores o que faço e faço aquilo que digo."

A+ / A-

Reveja o debate aqui


Veja também:


O presidente do PSD, Rui Rio, defendeu esta segunda-feira que a questão da "disciplina" tem de ser introduzida "no discurso político" sobre a Educação.

"O PS não tem um discurso a favor da disciplina e do respeito pelos professores", criticou Rio no frente a frente com António Costa, no segundo e último debate da rádio, organizado pela Renascença, Antena 1 e TSF, antes das legislativas de 6 de outubro.

"A crescente indisciplina tem afastado os portugueses da função docente", defendeu o líder social-democrata, acrescentando que ouve professores - "mesmo na minha família há professores do secundário" - e "aquilo que me contam é pesado".

"É dificil aturar aquilo, é preciso um discurso polítco no sentido da disciplina", reforçou.

O secretário-geral do PS, António Costa, defendeu que, na área da Educação, "o PS tem feito muito".

Costa quer "continuar a combater o abandono escolar precoce" e a apostar na "promoção do sucesso escolar".

Mais à frente no debate, Costa "puxou" o tema das carreiras dos professores para criticar Rio: "Eu digo aos professores o que faço e faço aquilo que digo. Disse que descongelava as carreiras e descongelei as carreiras, que iam ser tratados de igual como todos os outros funcionários recuperando 70% de cada modo de progressão, agora não digo numa noute que lhes vai dar tudo e no dia a seguir de manhã vem dizer que não foi isso que tinha sido acordado."

O líder do PSD quis, mais à frente no debate, voltar ao tema da Educação para repetir críticas ao tipo de gestão socialista. Lembrando que hoje há menos alunos no sistema, Rio defende que "devia haver menos professores, mas há mais", o que constitui um sinal "da gestão que o PS faz dos recursos".

"Se professores não podem ganhar mais, é porque há menos alunos e não são precisos tantos professores", reforçou Rio.

Rui Rio diz que o PS tem "um programa bastante vago" na área da Educação, mas concorda com a aposta no segmento das creches e jardins de infância: "Temos que fazer uma aposta crescente nesta fase, sobretudo para as crianças que têm um ambiente familiar mais difícil."

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+