A+ / A-
Reino Unido

Na despedida, May pede um Brexit que sirva ao país e um novo começo para o Reino Unido

24 jul, 2019 - 15:12 • Filipe d'Avillez

A primeira-ministra abre alas para Boris Johnson, a quem desejou o maior sucesso à frente dos destinos do país.
A+ / A-
O adeus a Theresa May: da chuva de elogios ao receio do novo sucessor
O adeus a Theresa May: da chuva de elogios ao receio do novo sucessor. Vídeo: Joana Gonçalves/RR

Theresa May despediu-se esta quarta-feira do cargo de primeira-ministra, com um discurso à porta do número 10 de Downing Street em que desejou as maiores felicidades ao seu sucessor Boris Johnson, dizendo que "os seus sucessos serão os sucessos do país".

Nas suas últimas palavras, May não deixou de referir a questão que mais tem preocupado os políticos britânicos e que levou mesmo à demissão dos últimos dois chefes do Governo: o Brexit.

“A prioridade imediata é completar a nossa saída da União Europeia de uma forma que sirva a todo o Reino Unido. Concluída essa tarefa, chegará um novo começo para o nosso país – uma renovação nacional que nos possa levar para além do atual impasse até ao futuro promissor que os britânicos merecem”, disse.

Advertindo que ser primeiro-ministro do Reino Unido é uma enorme honra, e que nada pode ser feito por uma só pessoa, Theresa May agradeceu a todos os seus colaboradores, incluindo ao seu marido Philip.

Manifestou ainda a esperança de que possa ter sido uma inspiração para as jovens raparigas britânicas. “Este é um país de aspirações e de oportunidade e espero que todas as meninas que viram uma primeira-ministra tenham a certeza de que não existem limites ao que podem alcançar."

May apresentou a sua demissão a 7 de junho, depois de ter falhado a missão de fazer aprovar o acordo para o Brexit que negociou com Bruxelas, por três vezes chumbado no Parlamento desde janeiro.

É sucedida por Boris Johnson, que foi um dos grandes defensores da saída do Reino Unido da União Europeia.

Boris na fachada de Buckingham. "Sua Majestade, o seu novo primeiro-ministro é um mentiroso"
Boris na fachada de Buckingham. "Sua Majestade, o seu novo primeiro-ministro é um mentiroso"

A marcar o dia da tomada de posse de Johnson, que esta tarde se deslocou ao Palácio de Buckingham para receber o aval da Rainha, um grupo de ativistas projetou uma imagem do novo primeiro-ministro na fachada da casa real, acusando-o de ser "um mentiroso".

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.