Reportagem

O mundo de Agustina

09 mar, 2012 - 23:04 • Maria João Costa e Joana Beleza

Maria Ordoñes é o nome no qual se esconde Agustina Bessa-Luís. A escritora, há muito retirada da cena pública, usou o apelido espanhol de família para assinar “Ídolo de Barro” e “Deuses de Barro”, os seus dois primeiros romances, até hoje inéditos. A Renascença esteve em casa da escritora, no Porto, numa viagem única ao universo de Agustina. No dia em que morreu Agustina Bessa-Luís, republicamos a reportagemn premiada da Renascença, de 2012.
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.