D. António Marto: "Nunca pensei que o Papa pensasse em mim para cardeal"

01 jun, 2018 - 18:17 • Aura Miguel , Joana Bourgard (Renascença) e Rosa Pedroso Lima (Expresso)

Na primeira grande entrevista do novo cardeal português, à Renascença e ao Expresso, D. António Marto confessa-se surpreendido com a escolha do Papa e diz que ainda não percebeu o motivo que levou Francisco a nomeá-lo cardeal. Acredita que o Centenário das Aparições de Fátima contribuíram para a nomeação. O bispo de Leiria-Fátima teve duas audiências com o Papa, a propósito do centenário, mas acabaram por falar "de outras coisas, dos problemas da Igreja e sobre a reforma da Igreja que Francisco está a levar para frente".

RSS iTunes URL Embed E-mail Facebook Twitter Whatsup Comentários
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.