|
A+ / A-

Assunção Cristas. “O voto útil deixou de fazer sentido, o CDS tem condições para crescer”

14 jan, 2016 - 20:06 • Carlos Calaveiras

A candidata centrista diz-se “preocupada com o país, preocupada com o desgoverno que torna tudo aparentemente fácil.

A+ / A-

A antiga ministra centrista Assunção Cristas apresentou a sua candidatura à liderança do CDS. "Sou candidata à liderança do CDS".

A decisão já estava tomada “há muito tempo” e apenas dependeu de si, da “família” e das “condições” que viu no partido. “Sou uma pessoa de diálogos e de pontes, não sou alguém que divide”, disse.

Numa declaração no largo do Caldas, em Lisboa, Assunção Cristas diz que "o CDS precisa de todos. O CDS nunca foi o partido de um homem só e não será, garantidamente, o partido de uma única mulher".

A candidata centrista diz-se “preocupada com o país, preocupada com o desgoverno que torna tudo aparentemente fácil, com um Governo que desfaz sem gradualismo e sem critério aparente, que desconfia do sector privado e do sector social e que parece desconhecer a importância do sector privado”.

O CDS-PP vai ser "oposição robusta, clara e firme" para "quando chegar o momento" ser o melhor para governar", acrescenta Cristas, que se mostrou preocupada com a "deriva" de esquerda do actual Governo.

Numa altura em que "o voto útil deixou de fazer sentido, mais do que nunca o CDS tem condições para crescer e afirmar-se" até por que o "centro-direita deve ser uma alternativa ambiciosa e credível" e fazer oposição “firme e construtiva”.

Depois de elogiar Nuno Melo, que decidiu não avançar na corrida à liderança do CDS apoiando a sua candidatura, Assunção Cristas deixou também uma palavra especial a Paulo Portas pela sua "dedicação, determinação e capacidade de concretizar" em nome do partido e do país.

Promete "diálogo próximo com o PSD", mas reafirma que "são projectos autónomos" e que a prioridade é o CDS "crescer muito" com projecto "credível".

"Trabalharei por um Portugal atento aos mais necessitados", terminou dizendo.

Nos próximos tempos, Assunção Cristas vai ouvir o partido para construir a sua moção de estratégia para o congresso, onde se vai escolher o substituto de Paulo Portas, que está marcado para 12 e 13 de Março.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • PV
    15 jan, 2016 Coimbra 08:24
    Ainda bem que o CDS é um partido que no panorama da política nacional é apenas conhecido quando faz coligação com o PSD. Esta candidata é tal e qual o seu antigo líder!. Só fachada!.
  • Pedro Dias
    15 jan, 2016 STC 04:51
    Grande mulher com grande capacidade de liderança e cabeça no lugar
  • rosinda
    15 jan, 2016 palmela 03:16
    Assuncao cristas e bonita mas a menina teresa alves tambem nao e mais feia e alem alem disso tem um colar vermelho muito bonito !boa noite e nao se deixe dormir!
  • rosinda
    15 jan, 2016 palmela 03:04
    So quero fazer uma pequena correcao antes de dormir! Nao e maioria dos partidos pequenos que votam util sao os eleitores !
  • Isabel
    15 jan, 2016 Porto 02:36
    Desejo-lhe Sorte e felicidades. Mostrou ser uma mulher de carácter, lutadora e muito trabalhadora. Era muito bom que as pessoas começassem a votar sem medo no CDS. Eu continuarei a votar. Isabel M.
  • Nuno
    15 jan, 2016 Albufeira 01:28
    Esta senhora será uma excelente líder ,além de muito competente ,tem bons principios , é inteligente e carismática , o partido ficará concerteza muito bem entregue.
  • Manuel Pinto
    14 jan, 2016 Porto 23:42
    CDS e PSD inimigos nº1 dos portugueses que trabalham por conta de outrem.
  • rosinda
    14 jan, 2016 palmela 23:08
    esta geringonça de governo que se formou no futuro so vai contribuir para a abstençao e voto util!
  • rosinda
    14 jan, 2016 palmela 22:49
    e tudo muito belo e muito bonito mas a mairia dos partidos pequenos votam util!