Quis saber se o RGPD funciona. Então, fiz “download” da minha vida

19 abr, 2022 - 07:00 • Inês Rocha , Rodrigo Machado (Grafismo) , Luís Sanfins (sonorização)

O Regulamento Geral de Proteção de Dados prometeu aos cidadãos europeus mais controlo sobre os seus dados. Mas os direitos previstos no RGPD dão-nos mesmo mais controlo? Foi isso que testei nos últimos meses. Pedi a cerca de 70 empresas que me dissessem que dados meus guardam e como os tratam. Um exercício de controlo ou um pesadelo burocrático?

RSS iTunes URL Embed E-mail Facebook Twitter Whatsup Comentários
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.