"As baixas das tropas russas são enormes". Zelensky pede libertação imediata de autarca de Melitopol

12 mar, 2022 - 16:17

O Presidente da Ucrânia deixou, este sábado, mais uma mensagem ao povo ucraniano e aos líderes europeus. “A resistência de todo o povo ucranaino contra este invasor já entrou para a história. Mas não temos o direito de reduzir a intensidade da nossa defesa, custe o que custar”, defendeu. Segundo Zelensky, 31 batalhões russos perderam capacidade de combate, mais de 360 tanques e 1.205 veículos militares estão inoperacionais e mais de 60 aviões e 80 helicópteros foram destruídos pelas forças ucranianas. “Eles recorrem ao terror para quebrar a nossa fé na vitória, a nossa fé na Ucrânia. Tenho a certeza de que não vão conseguir. Não vai funcionar”, afirmou.

RSS iTunes URL Embed E-mail Facebook Twitter Whatsup Comentários

Renascença na Ucrânia

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.