Papa partilha histórias que ouviu em Lesbos

17 abr, 2016 - 14:01

Uma cristã degolada pelos terroristas e um marido muçulmano desolado com tanto sofrimento. O caso foi contado pelo Papa, um dia depois de ter visitado um campo de refugiados em Lesbos, na Grécia. Francisco partilhou este domingo com os peregrinos, na Praça de S.Pedro, em Roma, as histórias de dor de quem foge da guerra e da fome.

RSS iTunes URL Embed E-mail Facebook Twitter Whatsup Comentários
Tópicos

Renascença na Ucrânia

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Bela Faria
    28 abr, 2016 Lisboa 11:14
    Eu que sou católica, (embora pouco entre numa Igreja), nunca liguei muito aos Papas, mas de facto o Papa Francisco, para mim, é Único e Aquêle que conseguiu a minha admiração e que, quando aparece na TV, eu fico sempre a acompanhar, seja numa missa ou numa simples aparição !.Bem haja Papa Francisco e que Deus lhe dê muita saúde para continuar ainda muitos bons anos na n/companhia!...