Rússia

400 mil civis saíram da Ucrânia. "Deixámos o pai em Kiev e ele vai ajudar os nossos heróis"

28 fev, 2022 - 10:09 • Sofia Freitas Moreira (edição) Reuters (imagens)

Com a queda de mísseis em cidades ucranianas, quase 400 mil civis, principalmente mulheres e crianças, fugiram para países vizinhos. Milhares de carros, com pessoas que tentam desesperadamente fugir da invasão russa, formam filas de 50 km perto da fronteira polaca. Mark e a família receberam boleia a meio do caminho, poupando-os de caminhar na neve em temperaturas abaixo de zero. "Deixámos o meu pai em Kiev e ele vai vender coisas e ajudar os nossos heróis, o nosso exército, ele pode até lutar", conta o menino à Reuters.

RSS iTunes URL Embed E-mail Facebook Twitter Whatsup Comentários

Renascença na Ucrânia

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.