Incêndios

Itália continua luta contra as chamas após atingir temperatura mais alta da história europeia

13 ago, 2021 - 09:34 • Reuters (imagens)

A onda de calor extrema que se está a fazer sentir este verão na Europa culminou com a temperatura mais elevada de sempre na história do continente, desde que há registo. Em Siracusa, na Sicília, as autoridades italianas registaram 48,8 graus Celsius. O valor recorde surge enquanto a Itália, além de outros países banhados pelo Mediterrâneo - especialmente a Grécia, Turquia, Tunísia e Argélia - enfrentam incêndios florestais de grandes dimensões, devido à onda de calor conhecida como "Lúcifer". A Itália já pediu ajuda a outros países europeus para combater os incêndios.

RSS iTunes URL Embed E-mail Facebook Twitter Whatsup Comentários
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.