"Chegou ao fim da linha". Demolições em Esposende são para avançar

21 nov, 2018 - 07:00 • ​​Marília Freitas​

Nas últimas semanas foi colocado em discussão pública o Programa da Orla Costeira para a zona entre Caminha e Espinho. Um plano que não reúne consensos entre autarcas, populações e Associação Portuguesa do Ambiente (APA). A Renascença foi a Cedovém, em Esposende, uma das zonas marcada como crítica pela APA e onde estão previstas demolições de casas, restaurantes e anexos de pescadores.
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.