Escuteiros do Parque das Nações. “Servir” rio acima

14 mai, 2018 - 13:51

No Parque das Nações, os escuteiros andam de barco. O agrupamento do bairro que nasceu da exposição internacional dos oceanos, navega em vez de caminhar. São os escuteiros marítimos, uma elite no movimento escuteiro. A Renascença recorda a Expo com 20 histórias da maior intervenção feita na cidade de Lisboa desde o terramoto de 1755.
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.