Hora da Verdade

Presidente quer “renovação” e rapidez na justiça para salvar o Estado de direito

07 mai, 2018 - 05:59 • Eunice Lourenço (Renascença) e David Dinis (Público)

Está criada uma perceção perigosa sobre a lentidão da Justiça, alerta o Presidente da República: “Isto é de tal maneira que morremos primeiro.” Marcelo Rebelo de Sousa aponta caminho à separação de processos e a mudanças legislativas para fazer face à corrupção e proteger o Estado de Direito democrático, que vive uma situação que “já é crítica”. Excerto da entrevista à Renascença e ao Público.
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.