A+ / A-

Festival

Expofacic volta a Cantanhede para 11 dias de festa

05 jun, 2024 - 17:00 • Redação

Richie Campbell, António Zambujo, Pedro Abrunhosa, Bárbara Tinoco e Xutos e Pontapés são alguns dos artistas que compõem o cartaz do evento, que decorrerá de 25 de julho a 4 de agosto. A 32.ª segunda edição da “feira-festa” traz novidades na programação e mudanças no recinto.

A+ / A-

A comissão organizadora da 32.º edição da Feira Agrícola, Comercial e Industrial, a Expofacic, estima que cerca de 400 mil pessoas, como é habitual, passem pelo Parque de São Mateus, em Cantanhede.

A “feira-festa”, que esta quarta-feira foi apresentada ao público, vai decorrer de 25 de julho a 4 de agosto. Com um orçamento de 2 milhões e 250 mil euros, o recinto de 100 mil metros quadrados, que este ano traz novidades, conta com 500 espaços de exposição e 7 palcos. A área gastronómica reunirá 47 “tasquinhas gastronómicas”.

“Tentamos que tudo aquilo que podemos oferecer na feira possa ir ao encontro do gosto, seja dos mais pequeninos, seja dos mais velhos” afirma Helena Teodósio, presidente da Câmara de Cantanhede, à Renascença.

Com novidades na programação, este ano haverá uma exposição temática, a “Giants Bugs - O Mundo dos Insetos Gigantes” que promete “transportar os visitantes para outro mundo, onde os insetos se elevam sobre as pessoas.”

Para os mais novos, este ano há novidades, a Expofacic Kids que vai reunir espetáculos, insufláveis, uma parede de escalada e mascotes, junto ao campo de futebol. As crianças até aos 11 anos não pagam entrada na feira.

Outra das novidades vai acontecer no edifício do mercado do peixe, onde vai decorrer o Open promocional de Pool masculino e feminino que vai juntar atletas numa ação de “Bilhar para todos” com mesas livres para quem quiser jogar.

Mais orçamentos devido ao aumento dos custos

Este ano, o orçamento da Expofacic apresenta um aumento de mais de 1 milhão de euros face à última edição.

A presidente da câmara considera que “é um valor razoável perante o aumento dos preços, que se reflete essencialmente nos contratos e na construção de tudo o que temos que fazer para esta nova edição". Contudo afirma que “esta comissão organizadora, tem aqui um rigor bastante grande em termos financeiros, portanto acreditamos que se o evento tiver o sucesso das outras edições, mais uma vez vai ser uma feira equilibrada, financeiramente.”

Apesar do aumento dos preços, os bilhetes mantêm o valor habitual. O passe geral para os 11 dias custa 60 euros, e o valor do bilhete diário é de 4,5 euros, à exceção de 26 de julho e 3 de agosto, dias em que o bilhete vai custar 15 euros.

Impacto no turismo da região

A parte turística e tudo aquilo que provoca em termos da economia local é muito importante” , esclarece Helena Teodósio.

“Nós esgotamos completamente toda a parte hoteleira, de alojamento local, e mesmo os municípios que fazem fronteira connosco, também beneficiam dessa questão, porque as pessoas ficam alojadas”, acrescentou.

O evento tem a particularidade de estabelecer “uma grande ligação às juntas de freguesia e às associações” da região do centro do país.

“Apostamos muito em que a Expofacic seja também uma festa da cultura, das tradições, do nosso património e aqui destacamos aquele trabalho exemplar que as nossas associações têm durante esta feira” esclarece a presidente da Câmara de Cantanhede.

Cartaz para todos os gostos

O cartaz abre com Richie Campbell, no dia 25 de julho, seguindo-se Senhor Doutor, António Zambujo, Nuno Bastos, Grupo Revelação, Danni Gato, Tony Carreira, Tributo Ivete Sangalo, Julinho KSD, T-REX, Caco, Alma de Coimbra, Pedro Abrunhosa, MC PH, Miguel Araújo, Bárbara Tinoco, Carolina Deslandes, Piruka, Kappa Jotta, Livinho e Magic. Os já habituais Xutos e Pontapés vão fechar o evento.

Sábado e domingo as portas abrem às 16 horas e no resto dos dias às 19 horas.

Festival “ambientalmente consciente”

O evento fica marcado pelo objetivo da sustentabilidade ambiental. Para além da obrigatoriedade do uso do copo reutilizável e da recolha seletiva de bio resíduos nas zonas de restauração, ao longo dos 11 dias a feira vai promover campanhas de sensibilização para separação de resíduos junto dos visitantes e das tasquinhas.

À semelhança de outros anos, a feira promove a não utilização de viatura privada e oferece uma linha de autocarros que vai fazer o transporte para o recinto a partir de Coimbra, Oliveira do Bairro, Praia da Barra, Figueira da Foz, Praia de Mira e Praia da Tocha. Os bilhetes do Expofacic Bus têm o custo de 2€ e podem ser comprados no autocarro.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+