A+ / A-

“Guerra dos Tronos” faz viagem ao passado. “Casa do Dragão” é a série que aí vem

30 out, 2019 - 09:30 • Redação

Nova série situa-se 300 anos antes dos eventos da série original e conta a história da Casa Targaryen e do início de Westeros.

A+ / A-

O sucesso da "Guerra dos Tronos" levou o canal de televisão HBO a dar luz verde para uma prequela da série: Vai chamar-se a "Casa do Dragão".

Situa-se 300 anos antes dos eventos da série original e conta a história da Casa Targaryen e do início de Westeros.

O anúncio foi feito poucas horas depois do cancelamento de outra prequela planeada que teria como protagonista a atriz Naomi Watts. A ideia terá sido rejeitada pelo canal de televisão norte-americano, explica a BBC.

Com dezenas de milhões de telespetadores, "Guerra dos Tronos" foi a série com mais sucesso da HBO, tendo vencido vários Emmy’s ao longo dos anos.

"É um prazer anunciar que hoje encomendamos 'Casa do Dragão' diretamente para a HBO", disse Casey Bloys, presidente da programação da HBO, durante um evento de lançamento da plataforma de streaming HBO Max, em Los Angeles.

"Conta a história da Casa Targaryen e os primeiros tempos de Westeros."

A prequela será co-produzida pelo autor da série, George RR Martin, Ryan Condal e Miguel Sapochnik.

Esta semana, David Benioff e DB Weiss, escritores de “Guerra dos Tronos”, abandonaram o projeto da próxima trilogia da “Guerra das Estrelas”, que tem data de lançamento marcada para 2022.

O par tinha assinado um acordo de exclusividade com a Netflix, mas por falta de tempo, os escritores disseram que não podiam “fazer justiça tanto à ‘Guerra das Estrelas’, como aos outros projetos da Netflix”.

Um episódio piloto de uma prequela sem nome, protagonizada por Naomi Watts, foi filmada durante o verão.

Na terça-feira, fontes citadas pelo “The Hollywood Reporter” disseram que a produtora executiva, Jane Goldman, teria enviado um e-mail ao elenco a informar que a HBO teria, alegadamente, cancelado a série.

O site de entretenimento “Deadline” avançou que o episódio piloto não teria sido bem recebido pela HBO.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Jorge Lopes
    30 dez, 2021 C. Caparica 16:47
    Não vejo a hora de ver essa nova série da qual sou fã. De 6 em 6 meses revejo sempre a série de novo. Acho que é do melhor que tenho visto. O meu muito obrigado.

Destaques V+