Tempo
|
A+ / A-

Exame confirma diverticulite. Convalescença do Papa evolui positivamente

08 jul, 2021 - 07:39 • Marta Grosso com redação

Internado desde domingo, Francisco está a recuperar bem e já se levantou para passear. De todo o mundo chegam mensagens de carinho e votos de rápidas melhoras.

A+ / A-

O exame histológico realizado no hospital de Gemelli confirma que o Papa tinha uma “estenose diverticular grave com sinais de diverticulite esclerosante”, refere o gabinete de imprensa da Santa Sé.

O diagnóstico histológico (ou histopatológico) decorre do estudo de como uma determinada doença afeta um conjunto de células (tecido), tornando-se imprescindível na identificação precoce de muitas patologias.

Além de confirmar ou afastar a hipótese de uma doença, este exame pode ser requisitado quando existem dúvidas sobre um caso específico. A sua realização exige um elevado grau de tecnicidade e só pode ser realizado por patologistas.

O Papa foi internado para cirurgia no domingo, dia 4 de julho, estando a intervenção já programada – ou seja, já tinham sido identificados os divertículos e o exame histológico veio clarificar o problema existente.

À Renascença, o diretor do serviço de Gastrenterologia e Hepatologia do Hospital de Santa Maria, explica que uma “estenose é um aperto” no diâmetro do intestino que provoca um “engarrafamento das fezes”. Sendo “diverticular, tem a ver com os divertículos, que são bolsinhas, balõezinhos que aparecem na parede do intestino e podem ter inflamação”, acrescenta Rui Tato Marinho.

Francisco foi operado no domingo – uma intervenção que durou perto de três horas – e a recuperação tem corrido bem, tendo já começado a comer e até a dar pequenos passeios pela clínica.

Nesta quinta-feira, é esperado novo boletim clínico sobre o estado de saúde do Papa, que poderá ter alta dentro de três dias.

Votos de melhoras e carinho de todo o mundo

Desde que se soube que tinha sido internado, Francisco tem recebido mensagens de vários líderes mundiais e outras personalidades, como o antigo jogador de futebol Pelé.

Francisco já agradeceu e diz-se comovido com a quantidade e o teor das mensagens.

O Papa está no 10.º andar do hospital universitário Gemelli, nas mesmas instalações que acolheram São João Paulo II por diversas ocasiões e chegou ao local sem qualquer comitiva a acompanhá-lo.

Jorge Mario Bergoglio, de 84 anos, é natural de Buenos Aires (Argentina) e na sua juventude foi operado a um pulmão, parcialmente retirado.

A 13 de março de 2013 foi eleito sucessor de Bento XVI, escolhendo o inédito nome de Francisco. É o primeiro Papa jesuíta na história da Igreja Católica e também o primeiro pontífice sul-americano.

Ao longo do seu pontificado, teve várias crises ligadas à dor ciática, que o obrigaram a cancelar alguns eventos.

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+